Sem tesão após 7 a 1, Kid Bengala prefere lembrar filmes na Alemanha

Leitura: 7 minutos

Sem tesão após 7 a 1, Kid Bengala prefere lembrar filmes na Alemanha

Ator marcou o gol de honra brasileiro: “Se no futebol fizemos um papel frustrante, eu, como brasileiro nato, não deixei a desejar na Alemanha. Botei moral! Pelo menos na área pornô, estamos com o moral alto”

Bruno Ceccon - São Paulo (SP) 27 de março de 2018 01:00:31
 

A obscena goleada aplicada pela Alemanha na semifinal da Copa do Mundo 2014 mudou a forma com que o corintiano Kid Bengala encara o futebol. Um ano depois do 7 a 1, Clóvis Basílio dos Santos, mais conhecido pelo nome artístico, preferia se lembrar dos filmes pornôs estrelados no país europeu, inspiração para brincadeiras espalhadas por aplicativo de troca de mensagens via telefone celular.

Acredite se quiser: perdi o tesão pelo futebol”, confessou Bengala. “Antes da Copa do Mundo, eu acompanhava com frequência, principalmente as decisões de campeonato. Mas o 7 a 1 me deixou muito frustrado e desinteressado pelo futebol. Torço pelo Corinthians, mas não sou mais fanático, não”, completou.

Antes de Muller, Klose e Kroos causarem danos irreparáveis à retaguarda da Seleção Brasileira em pleno Mineirão, o ator pornô brilhou na Alemanha. No ano de 2009, Kid Bengala chegou a viver oito meses na localidade de Osnabruque, perto da fronteira com a Holanda.

ASSISTA AO TRAILER DE “KID BENGALA NA ALEMANHA”

No país germânico, o brasileiro gravou pela produtora Videorama com a atriz Vivian Schmitt, uma estrela pornô. O selo Brasileirinhas ainda lançou em 2011 o filme “Kid Bengala na Alemanha”, produzido pela Oftly Goldwin, no qual o ator contracena com Marina Montana, famosa por seus piercings íntimos.

Se no futebol fizemos um papel frustrante, eu, como brasileiro nato, não deixei a desejar na Alemanha. Botei moral! Pelo menos na área pornô, estamos com o moral alto. Eu goleei, cara! Não fiz feio, não! Levantei a bandeira e mantive em riste”, divertiu-se.

“Kid Bengala é uma celebridade internacional! Ele vai até a Alemanha…”, divulga o trecho publicável do encarte do DVD, que ainda promete “legendas em português”. A obra, no entanto, foi filmada em um país fronteiriço. “Áustria, very good!”, diz o brasileiro, em um inglês no padrão Joel Santana.

Devidamente paramentado, o ator nascido em Santos tenta esquiar e cai. Ajudado por Marina Montana, ele se apresenta. “I’m name Kid Bengala. I from Brazil (sic)”. Em seguida, ganha uma carona da atriz germânica. A bordo de um modelo da Audi, após inusitado diálogo em inglês e alemão, a cena termina conforme o previsto.

Kid Bengala diz ter deixado uma alemã apaixonada em sua passagem pelo país (foto: acervo pessoal)

“Posso te contar? Deixei uma alemã apaixonada lá!”, riu o ator. “Percebi que os homens alemães não têm o fogo dos latinos. A gente é mais safado. Por isso, impressionei as alemãs. Os caras lá são meio parados, só papai e mamãe. Chegou o Kid Bengala, é barba, cabelo e bigode! Não deixo escapar nada”, acrescentou.

Nos dias que antecederam o aniversário do 7 a 1, maior vexame do esporte mundial, a obra estrelada por Kid Bengala, maior nome masculino do pornô brasileiro, serviu como inspiração para brincadeiras espalhadas por aplicativo de troca de mensagens via celular. “Parece que o jogo virou, não é mesmo?”, diz uma montagem, com a capa do filme incluída.

Ironicamente, Bengala conhece bem a Alemanha. “Já estive em Frankfurt, Colonia, Hamburgo. Em Berlim, passei em frente ao Parlamento e ao Portão de Brandemburgo. Fiz vários filmes no país”, disse o ator, convidado para participar da edição de 2015 da feira erótica Venus, em Berlim, no mês de outubro. “Acho que gostaram de mim”, gabou-se.

Meme lembra filme de Kid Bengala um ano após 7 a 1
Um ano após o 7 a 1, meme lembrava filme estrelado por Kid Bengala (foto: reprodução)

Nem o intenso frio do inverno diminuiu o ímpeto de Kid Bengala durante sua estadia na Alemanha. Já a Seleção Brasileira, apesar de disputar a Copa do Mundo 2014 dentro de casa, falhou na hora agá e foi eliminada pelo insaciável time germânico na semifinal.

“Infelizmente, o futebol brasileiro está sem talentos”, constatou Bengala, com ares de comentarista. “O 7 a 1 foi consequência da falta de qualidade dos nossos jogadores. Quer que eu faça uma previsão? Com a Seleção desse jeito, o Neymar jamais vai ganhar uma Copa do Mundo. Uma andorinha só não faz verão”, vaticinou.

Em tom de brincadeira, o ator disse suspeitar da falta cometida por Zúñiga sobre o atacante brasileiro nas quartas de final. “Desconfio que o Neymar pagou aquele colombiano: ‘Eu dou uma gorjeta e você me tira da Copa, porque não quero participar desse fiasco’. Ele escapou. Há males que vêm para bem”, disse, gargalhando.

Radicado em São Paulo, Kid Bengala cobra por aparições em eventos e chegou a apresentar o reality show erótico Casa das Brasileirinhas, à la Pedro Bial, com a diferença que interage de forma mais intensa com as participantes. Segundo o ator, a atração, veiculada na internet, também será exibida em breve pelo Sexy Hot, canal pornô por assinatura.

Ativo nas redes sociais, Bengala costuma publicar frases inspiradoras em seu perfil no Twitter. “O mau humor é falta de sexo”, “Nada como um amor eterno após o outro” e “Você espera que a pessoa amadureça, ela vai e apodrece” são alguns dos pensamentos compartilhados com os milhares de seguidores.

Aos 60 anos de idade em 2015, Kid havia gravado o seu último filme em 2009 (na Alemanha) e acreditava na reinvenção da indústria pornô. A exemplo do setor, abalado pela popularização dos vídeos piratas na internet, a Seleção Brasileira, ainda com Neymar como bengala, tem um enorme caminho a percorrer.

Publicado em 27 de março de 2018 01:00:31
×

Mais especiais
Veja mais artigos interessantes que fizemos