Gazeta Esportiva

Estatísticas mostram equilíbrio em vitória da Suíça sobre a Sérvia pela Copa do Mundo

São Paulo, SP

02/12/22 | 19:04

A fase de grupos da Copa do Mundo se encerrou nesta sexta-feira com a rodada final pelo grupo G. Para definir sua classificação às oitavas, a Suíça venceu a Sérvia por 3 a 2 e carimbou seu passaporte ao mata-mata. Apesar da vitória, os números mostraram certo equilíbrio entre os times.

A posse de bola comprova. Houve uma pequena vantagem da Sérvia. Durante 45% do tempo, a bola esteve nos pés de seus jogadores, enquanto durante outros 40%, foram os suíços quem tiveram a bola. Em outros 15%, a bola esteve fora de jogo.

Falando em finalizações ao gol, mais um número similar. Enquanto os jogadores da Sérvia arriscaram 11 vezes (quatro delas encontraram o alvo), a Suíça teve 14 chutes à meta adversária (sete certos). Destes, claro, dois entraram para Sérvia e três para os suíços.


Outro dado parecido foram os passes dados por cada time ao longo do tempo. A Sérvia tentou 482, acertando 391, enquanto a Suíça deu 412, acertando 336. Cruzamentos foram 27 para os sérvios e 18 para os suíços.

Com a vitória em Doha, a Suíça terminou na segunda colocação do grupo G e chegou a seis pontos - assim como o Brasil, que registrou melhor saldo de gols. A Sérvia, por sua vez, ficou na lanterna da chave, com apenas um ponto, atrás de Camarões (4).

A seleção suíça retorna aos gramados na terça-feira, às 16 horas (de Brasília), quando enfrenta Portugal pelo mata-mata do torneio. Já a Sérvia se despede do Mundial na fase de grupos, assim como havia ocorrido em 2018, quando também ficou atrás de suíços e brasileiros.

Deixe seu comentário