Brasileiro marca, Sevilla vence e chega a sua terceira final consecutiva

São Paulo, SP

05-05-2016 17:58:01

O Sevilla segue com o status de time a ser batido quando o assunto é Liga Europa. Maior campeã da história do torneio, a equipe espanhola recebeu o Shakhtar Donetsk nesta quinta-feira, no Ramón Sánchez Pizjuán, na disputa por uma vaga na final da competição, e não deu chance aos ucranianos. Com gol do brasileiro Mariano, os Rojiblancos conseguiram vencer por 3 a 1 e conquistaram um lugar na decisão pelo terceiro ano consecutivo.

Mais objetivo durante o jogo, o Sevilla conseguiu construir sua vitória no segundo tempo. No entanto, tomou sustos na partida. Os espanhóis abriram o placar com Gameiro, mas viram o Shakhtar empatar com Eduardo da Silva antes do intervalo. Na etapa final, porém, os Rojiblancos deslancharam e marcaram novamente com Gameiro e definiram a classificação com um golaço de Mariano.

Tetracampeão do torneio, tendo conquistado as duas últimas edições, o Sevilla encara agora na decisão da Liga Europa o tradicional Liverpool, que eliminou o Villarreal na outra chave das semifinais e é tricampeão do torneio. O confronto acontecerá no dia 18 de maio, no St. Jakob Park, em Basileia, na Suiça.

Brasileiro Mariano fez um golaço para sacramentar classificação do Sevilla (Foto: CRISTINA QUICLER/AFP)
Brasileiro Mariano fez um golaço para sacramentar classificação do Sevilla (Foto: CRISTINA QUICLER/AFP)

O jogo - Após o empate em 2 a 2 na partida de ida, as duas equipes entraram em campo com propostas ofensivas, procurando ir em busca do resultado. Com o duelo equilibrado no início, a rede só balançou por conta de uma falha defensiva.

Aos nove minutos, o volante Malyshev cochilou e deixou Gameiro roubar a bola e disparar livre em direção ao gol. Frente a frente com a meta, o atacante finalizou na saída do goleiro Pyatov e balançou as redes para deixar o Sevilla em vantagem no placar.

O gol fez com que os espanhóis recuassem sua marcação e apostassem nos contra-ataques, enquanto os ucranianos passaram a tocar mais a bola e propor as ações de jogo.

Na maioria das vezes, a equipe do Shakhtar esbarrou na marcação espanhola e no erro do último passe. No entanto, quando calibrou o pé, foi fatal. Aos 44, Marlos carregou pelo meio e deu um lindo passe para Eduardo da Silva. Na cara do gol, o atacante só teve o trabalho de tirar do goleiro e balançar a rede para deixar tudo igual no intervalo de partida.

O duelo mal havia voltado para a etapa final e o Sevilla já voltou a frente no placar. Aos dois minutos, Krychowiak deu um passe na medida para Gameiro, que só teve o trabalho de driblar o goleiro e mandar para o gol para marcar o segundo dos espanhóis na partida.

Após o gol, o Sevilla seguiu pressionando e não demorou para ampliar a vantagem. Aos 14 minutos, o brasileiro Mariano recebeu a bola na entrada da área e acertou um lindo "chute de três dedos", que fez uma bela curva e morreu no canto do gol defendido por Pyatov.

Precisando do empate para conquistar a classificação, o Shakhtar Donetsk foi com tudo para cima. A equipe ucraniana ainda teve uma chance de ouro aos 31 minutos, com Eduardo da Silva. No entanto, a cabeçada do atacante foi para fora, tirando tinta da trave.

Sem fôlego para conseguir a reação, o Shakhtar não criou outras grandes chances. Com isso, o Sevilla somente esperou o apito final para comemorar a vaga na grande decisão da Liga Europa.

Deixe seu comentário