Gazeta Esportiva

Faturamento recorde do Newcastle vira alvo de crítica da própria torcida

São Paulo, SP

15/04/15 | 11:55

Ter o balanço financeiro positivo é objetivo de praticamente todo clube, mas o Newcastle é exemplo de como dinheiro não traz felicidade nem no futebol. Após ter seu faturamento da temporada passada anunciado há quinze dias, o clube corre riscos de sofrer boicote da própria torcida neste domingo.

Ter o balanço financeiro positivo é objetivo de praticamente todo clube, mas o Newcastle é exemplo de como dinheiro não traz felicidade nem no futebol. Após ter seu faturamento da temporada passada anunciado há quinze dias, o clube corre riscos de sofrer boicote da própria torcida neste domingo.

Os torcedores questionam o motivo de não investir os 18,7 milhões de libras esterlinas (quase R$ 85 milhões) lucrados na campanha de 2013/14. O faturamento é o maior da história do Newcastle, mas não foi traduzido para dentro de campo. A equipe atualmente é a 13ª colocada do Campeonato Inglês e acumula cinco derrotas seguidas.

A insatisfação é tamanha que parte da torcida planeja boicotar o duelo contra o Tottenham, marcado para as 12 horas (de Brasília) deste domingo. “Vários torcedores gostariam de saber por que uma fatia significante deste dinheiro não é gasto para melhorar o time”, questiona Mark Jensen, editor de um folhetim direcionado aos torcedores do Newcastle.

O clube pertence a Mike Ashley desde 2007, quando o bilionário desembolsou cerca de R$ 600 milhões para subir ao cargo mais alto do Newcastle. Considerado dono da 15ª maior fortuna do mundo segundo a Forbes, ele ainda é dono de uma fatia do Rangers FC, equipe escocesa.

Dono do Newcastle deixa torcida insatisfeita por não investir dinheiro lucrado na temporada passada (Foto: Glyn Kirk)
Dono do Newcastle deixa torcida insatisfeita por não investir dinheiro lucrado na temporada passada (Foto: Glyn Kirk) - Credito: AFP

Deixe seu comentário