XV empata com Novorizontino e perde a chance de pressionar o São Paulo

São Paulo, SP

19-03-2016 18:33:24

O XV de Piracicaba deixou escapar uma vitória contra o Novorizontino e perdeu a chance de pressionar Ferroviária e São Paulo, líderes do Grupo C do Campeonato Paulista. As duas equipes empataram por 1 a 1 em jogo disputado na tarde desse sábado, no estádio Jorge Ismael de Biasi, em Novo Horizonte.

Com o empate, o XV de Piracicaba se mantém na quarta colocação da chave, com 12 pontos - um a menos que os cabeças do grupo, que jogarão nesse domingo. O Novorizontino, que tem a mesma pontuação do XV, também está na quarta colocação do Grupo B. Ambos seguem ameaçados pela zona de rebaixamento da competição.

Após um primeiro tempo equilibrado, o Nhô Quim ficou em desvantagem aos 40 minutos. O zagueiro Fábio Sanches recebeu o segundo cartão amarelo do árbitro e foi expulso de campo. Mesmo com um a menos, o XV soube fazer frente ao Novorizontino e anotou o primeiro gol da partida. Aos 21 da etapa complementar, a zaga mandante bobeou dentro da área e deixou Julinho livre para cabecear. O jogador havia acabado de entrar em campo e anotou o gol em sua primeira participação na partida.

Atrás no placar, o Novorizontino exerceu pressão sobre o XV e conseguiu chegar ao empate aos 39 minutos do segundo tempo. Também de cabeça, Michel aproveitou um cruzamento de Roberto e superou o goleiro do time piracicabano. Não houve, no entanto, tempo para uma reação mais ampla da equipe da casa.

Botafogo-SP empata e está ameaçado - A situação do Botafogo-SP no Paulistão segue desfavorável. O time fez outra partida ruim nesse sábado e só empatou por 1 a 1 com o Água Santa, em Diadema. Os donos da casa foram melhores em campo durante os 90 minutos, mas só saíram na frente no placar aos 13 minutos do segundo tempo, em forte finalização de Bruninho. A salvação do Botafogo-SP veio em um pênalti duvidoso, convertido pelo atacante Alemão, aos 25 da etapa complementar.

O resultado poderia ter sido muito pior para o Botafogo-SP. A equipe foi pressionada durante a maior parte do jogo e só não saiu derrotada porque o goleiro Neneca teve atuação de destaque. O experiente arqueiro praticou pelo menos três grandes defesas, sendo a principal em um escanteio cobrado aos quatro minutos do segundo tempo. A bola foi desviada pelo ataque do Água Santa e parecia inalcançável para Neneca. Mas o goleiro se esticou inteiro e conseguiu espalmá-la no canto esquerdo.

Já a principal chance do Botafogo-SP surgiu aos 38 minutos do primeiro tempo, após Serginho finalizar de longe e acertar a trave. Com o empate, a equipe de Ribeirão Preto soma 11 pontos, segue na última colocação do Grupo A e figura na zona do rebaixamento. O Água Santa, por sua vez, está com 12 pontos e ocupa a terceira posição do Grupo D.

Oeste vence no finalzinho - O Oeste fez valer o poderio ofensivo. O time de Itápolis martelou a defesa do Red Bull Brasil durante toda a partida disputada nesse sábado, no estádio Moisés Lucarelli. Mas a vitória por 3 a 2 só veio aos 50 minutos do segundo tempo. Os três pontos levam a equipe aos 12, tiram o clube da lanterna do Grupo A e dão fôlego para a luta contra a zona de rebaixamento. Já o Red Bull segue bem colocado, na vice-liderança do Grupo D, com 16.

Em meio à pressão no primeiro tempo, o Oeste saiu na frente com o atacante Mazinho. Aos 22 minutos, ele desviou um cruzamento de Ricardo Bueno e contou com um toque na trave antes de superar o goleiro rival. O empate veio em um pênalti convertido por Roger, aos 45 da etapa inicial.

Logo no primeiro minuto do segundo tempo, o veterano Marcelinho Paraíba cabeceou um cruzamento de Mazinho e voltou a colocar o Oeste na frente. A equipe se manteve melhor em campo, mas foi o Red Bull quem balançou a rede. Maylson, aos 33, concluiu de cabeça e fora do alcance do goleiro Jeferson. Quando o empate parecia ser o placar definitivo, Ricardo Bueno foi acionado e ganhou da marcação para anotar o terceiro do Oeste, aos 50.

Deixe seu comentário