NBA

Mais Esportes

Raptors vencem Bucks após duas prorrogações e reagem na final do Leste

São Paulo , SP
19/05/2019 23:20:24

Em: Basquete, Mais Esportes, NBA, Notícias

O Toronto Raptors reagiu na final da Conferência Leste. Depois de perder os dois primeiros jogos, a franquia canadense sofreu, precisou de duas prorrogações, mas venceu o Milwaukee Bucks na noite deste domingo por 118 a 112 em casa, no Air Canada Centre, diminuindo a desvantagem na série melhor de sete: 2 a 1.

Em uma partida em que o jogo coletivo contou mais que as atuações individuais, Kawhi Leonard se destacou mais uma vez. Com 36 pontos, o astro comandou as ações ofensivas do Toronto ao lado de Pascal Siakam, que conseguiu um duplo-duplo (25 pontos e 12 rebotes).

Pelo lado dos Bucks, Giannis Antetokounmpo teve dificuldades. A estrela da equipe de melhor campanha na temporada regular foi ótimo nos rebotes, com 23, mas fez apenas 12 pontos e ainda foi excluído no começo da segunda prorrogação. George Hill e Malcolm Brogdon apareceram bem com 24 e 20 pontos, respectivamente.

Agora, o Toronto quer fazer valer a força de sua casa novamente para empatar a série melhor de sete. O jogo 4 está marcado para esta terça-feira, ás 21h30 (de Brasília).

Kawhi levou a melhor para cima de Antetokounmpo desta vez (Foto: Jesse D. Garrabrant/AFP)

O Jogo – Ciente da necessidade de uma vitória para seguir em condições na série melhor de sete, o Toronto imprimiu um ritmo intenso no começo da partida e chegou a abrir 11 pontos de vantagem. O Milwaukee, no entanto, cresceu de produção e conseguiu até diminuir a diferença para apenas três, mas os Raptors se recuperaram no fim do tempo inicial e foram para o intervalo vencendo por 58 a 51.

Dando continuidade á reação dentro da partida, os Bucks não baixaram o ritmo e encostaram de vez no marcador, indo para os últimos 12 minutos com apenas dois pontos de desvantagem. A partida ganhou ares de dramaticidade, mas, a sete segundos do fim, Pascal Siakam poderia ter colocado duas posses de bola de supremacia para os Raptors em lances livres. O camaronês, porém, desperdiçou ambas, os visitantes fizeram dois pontos na sequência e levaram o duelo à prorrogação: 96 a 96.

Assim como nos períodos regulamentares, o Milwaukee teve que correr atrás nos cinco minutos extras. A menos de 50 segundos do fim, o Toronto tinha quatro pontos de vantagem, entretanto, o time visitante não baixou cabeça, foi buscar o placar e levou a partida para a segunda prorrogação, quando Giannis Antetokounmpo foi excluído por conta das seis faltas. Sem sua principal estrela, os Bucks sucumbiram: vitória dos Raptors por 118 a 112.