Pandemia força Fifa a trocar representante da Oceania no Mundial de Clubes

São Paulo, SP

31/12/21 | 07:08

A Fifa anunciou nesta sexta-feira a troca do representante da Oceania no Mundial de Clubes, que acontecerá em fevereiro de 2022, nos Emirados Árabes Unidos. O Auckland City, da Nova Zelândia, dará lugar ao AS Pirae, do Tahiti, devido ao agravamento da crise de covid-19.

A Fifa já vinha tendo diálogos com a Federação Neozelandesa de Futebol, o Auckland City e a Confederação de Futebol da Oceania, no entanto, as restrições do governo da Nova Zelândia para tentar frear o avanço da pandemia na região forçou o time do país a desistir de participar do Mundial de Clubes.

O modesto AS Pirae, do Tahiti, se junta ao Monterrey, Chelsea, Palmeiras, Al Hilal, Al Ahly e Al Jazira, campeão dos Emirados Árabes Unidos e anfitrião do torneio.

O Mundial de Clubes da Fifa acontecerá entre os dias 3 e 12 de fevereiro. A primeira partida será disputada justamente pelo AS Pirae, que terá pela frente o Al Jazira. Quem avançar enfrentará o Al HIlal.

Deixe seu comentário