Al-Sadd vence Hienghène Sport e avança às quartas de final do Mundial de Clubes

São Paulo, SP

11-12-2019 17:10:41

O Al-Sadd, do Catar, venceu o Hienghène Sport, da Nova Caledônia, por 3 a 1 na tarde desta quarta-feira, no estádio Jassim Bin Hamad, em Doha, no jogo de abertura do Mundial de Clubes. Com o resultado, os donos da casa enfrentam o Monterrey no próximo sábado, pelas quartas de final da competição.

A partida ficou marcada pelo baixo nível técnico das duas equipes, que até criavam chances mas pecavam na hora de finalização. O Al-Sadd, comandado pelo ex-jogador espanhol Xavi Hernández, foi melhor na partida, mas sofreu para conseguir fazer o resultado.

(Foto: Karim Jaafar / AFP)

Bounedjah abriu o placar para a equipe catari aos 25 da primeira etapa. Akram Afif chegou a ampliar ainda no primeiro tempo, mas com o auxílio do VAR, foi marcado impedimento.

Contudo, logo no primeiro lance do 45 minutos finais, o Hienghène Sport igualou o marcador. O Roine ganhou no corpo de Khoukhi e bateu na saída de Al-Sheeb. A arbitragem chegou a anular o tento alegando falta, mas novamente o árbitro de vídeo foi acionado e validou o gol. Depois disso, o Al-Sadd acordou, mas cansou de perder gols e a disputa foi para a prorrogação.


No tempo extra, os donos da casa continuaram imprimindo um ritmo de jogo superior e conseguiram, enfim, confirmar a classificação. Mesmo desperdiçando chances preciosas, marcou duas vezes na prorrogação, uma com Abdelkarim outra com Pedro.

Agora, a equipe de Xavi terá os mexicanos do Monterrey pela frente no próximo sábado, novamente no Jassim Bin Hamad, pelas quartas do Mundial. Quem avançar enfrentará o Liverpool em uma das semifinais.

FICHA TÉCNICA
AL-SADD 3X1 HIENGHÈNE SPORT
Local: Estádio Jassim Bin Hamad, em Doha (Catar)
Data: 11 de dezembro de 2019 (Quarta-feira)
Horário: 14h30(de Brasília)
Árbitro: Mustapha Ghorbal (ALG)
Gol: Bounedjah, aos 25 do primeiro tempo; Abdelkarim, aos 9 minutos do primeiro tempo da prorrogação; e Pedro, aos 8 minutos do segundo tempo da prorrogação (Al-Sadd); Roine, aos 3 do segundo tempo (Hienghène Sport)

AL-SADD: Al-Sheeb; Pedro, Jung Woo-Young, Khoukhi e Abdelkarim; Gabi, Al Hajri, Akram Afif, Nam Tae-Hee (Ali Asad) e Al Ansari (Al-Haydos); Bounedjah.
Técnico: Xavi Hernández

HIENGHÈNE SPORT: R. Nyikeine; Athale, R. Kayara (Hyanem), Béaruné e Dinet; Pedro Vilela (M. Kayara), Sansot, Gony, Roine (Matsumoto) e Dahite; B. Kai (A. Kai).
Técnico: Felix Tagawa

Deixe seu comentário