Mancini pede a Balotelli que não siga os passos de Adriano Imperador

São Paulo, SP

13-10-2016 14:33:28

A boa fase de Mario Balotelli chamou a atenção de Roberto Mancini, técnico com quem trabalhou na Internazionale na temporada de 2007/08, e no Manchester City, de 2010 a 2013. Apesar dos elogios, no entanto, o veterano pediu cautela por parte do jogador, para que ele não siga os passos do antigo companheiro Adriano Imperador.

Maior goleador do Nice nesta temporada, com cinco gols em três atuações, e terceiro colocado na artilharia do Campeonato Francês, Balotelli vive um bom momento na carreira, depois de temporadas de seca no Liverpool e no Milan. O Nice, inclusive, é o atual líder do torneio, invicto e com 20 pontos.

“É um bom menino, com um grande coração, muito educado. Sempre respeitoso, em minha opinião. Às vezes te deixa nervoso, mas é impossível não desejar que se dê bem. Estou muito feliz por ele, porque está indo bem no Nice”, disse Mancini, que já teve altos e baixos com o jogador. O italiano ainda exaltou o atleta, prevendo que seu faro de gol ainda deverá trazer muitas alegrias para o clube francês. “Ele deverá marcar pelo menos mais 20 gols. Não vai sentir falta de tirar a camisa para comemorá-los, porque fazer gols vai ser algo normal para ele”, completou.

Em meio aos comentários positivos, entretanto, Mancini relembrou um jogador brasileiro que, segundo ele, tinha tudo para despontar na carreira, mas não aproveitou as oportunidades. “Balotelli tem apenas 26 anos, mas a carreira de jogador passa muito rápido. Não se pode permitir que alguém desperdice um talento que Deus deu. Me lembro muito de Adriano, com quem também trabalhei na Inter. Poderia ter sido um craque incrível, mas se perdeu”, lamentou.

Deixe seu comentário