Hazard elogia Mourinho e lamenta não ter trabalhado mais com o português

São Paulo , SP
13/10/2018 11:04:19

Em: Chelsea, Futebol, Futebol Inglês, Futebol Internacional, Manchester United

No Manchester United, José Mourinho vive um dos momentos mais conturbados de sua carreira, apontado por muitos como o responsável pelos problemas que assolam a equipe dentro e fora de campo. E se alguns jogadores de seu plantel o querem fora do Old Trafford, outros adorariam tê-lo como treinador novamente. É o caso de Eden Hazard, camisa 10 do Chelsea, que lamenta não ter trabalhado mais com o português quando o mesmo ainda comandava os Blues.

“A última temporada com Mourinho não foi agradável. Não ganhamos nada e entramos em uma rotina de treinar sem nos divertirmos. Nos separarmos acabou sendo o melhor para todos”, reconheceu, em entrevista concedida ao jornal HLN, da Bélgica. “Mesmo assim, se me perguntam qual é o treinador que eu mais gostaria de voltar a trabalhar, diria que Mourinho. Não sou de me arrepender das coisas, mas uma que me arrependo é não ter trabalhado mais com ele no Chelsea”, completou.

No Chelsea, Hazard e Mourinho trabalharam juntos entre 2013 e 2015 (Foto: AFP)

O belga ainda comentou sobre o que se passou na temporada 2015/2016, assumindo parte da culpa pelos resultados ruins e pelo rumo que as coisas tomaram, que culminaram na saída do português na metade da temporada.

“Em 12 anos, só tive uma temporada ruim: os últimos seis meses com Mourinho, e parte foi culpa minha. Depois do título (do Campeonato Inglês 2014/2015), pedimos férias adicionais e me reapresentei totalmente fora de forma”, lembrou. “M senti culpado porque havia sido o jogador do ano, um dos mais decisivos, e caí de rendimento. Por isso lhe mandei uma mensagem quando se foi”, completou.

Por fim, Hazard deu detalhes a respeito das características e da maneira de trabalhar de José Mourinho. Como o próprio meia-atacante afirma, o técnico tem um jeito próprio de lidar com seus jogadores.

“Se os resultados são ruins, já se sabe que ele começa a criticar seus jogadores. Mas tem que aceitar, é parte de seu caráter. Se ganha, Mourinho é o melhor treinador que você pode imaginar. Você pede um dia livre, ele te dá dois”, apontou, defendendo o comandante das críticas por ser exageradamente defensivo. “Está longe de ser um aventureiro como Guardiola, mas fomos campeões jogando bem e fazendo muitos gols. Tínhamos time para ganhar muitos títulos, mas terminamos em uma espiral negativa”, finalizou.

Em lados opostos, Hazard e Mourinho se reencontrarão no próximo sábado, dia 20 de outubro, quando Chelsea e Manchester United se enfrentarão, em duelo válido pela nona rodada do Campeonato Inglês. No Stanford Bridge, em Londres, a bola rola a partir das 8h30 (no horário de Brasília).