Futebol/Campeonato Inglês

Gerrard toma “decisão mais difícil da vida” e deixa Liverpool em junho

GazetaEsportiva.net - Liverpool, - Inglaterra
02/01/2015 09:32:00

Em: Campeonatos, Futebol Inglês, Futebol Internacional, Liverpool

O maior ídolo do Liverpool nos últimos anos confirma que deixará o clube inglês ao final da temporada europeia. Em entrevista coletiva, nesta sexta-feira, o meio-campista Steven Gerrard anuncia que os próximos seis meses marcam o fim de sua longa passagem pelos Reds.

“Esta tem sido a decisão mais difícil da minha vida e aquela que tem agoniado a mim e a minha família por um bom tempo”, admite o camisa 8. “O Liverpool Football Club tem sido uma parte enorme de minha vida por muito tempo e dar adeus será difícil. Mas sinto que é o melhor para todos os envolvidos, incluindo minha família e o clube em si”, explica o Captain Fantastic.

Gerrard nunca atuou por outro clube na carreira. Ele chegou ao Liverpool aos sete anos de idade.e foi revelado em 1998. Atuou 695 vezes profissionalmente com a camisa vermelha, tendo marcado 180 gols. As 16 temporadas renderam um título da Liga dos Campeões da Europa, uma Copa da UEFA, duas Copas da Inglaterra e três Copas da Liga Inglesa. Mas a história do capitão nos Reds deve terminar com uma pitada de frustração, visto que ele não conseguiu quebrar o tabu de 25 anos sem vencer o Campeonato Inglês.

Na temporada passada, os Reds estavam com a mão na taça quando, em raro momento de infelicidade, Gerrard escorregou e permitiu gol decisivo ao rival Chelsea. Mas o erro é uma mancha quase que insignificante para a torcida vermelha, que pode ficar tranquila quanto à transferência do craque.

Gerrard decide transferir-se Liverpool, mas deseja voltar para assumir algum cargo diretivo no clube (foto: Paul Ellis)
Gerrard decide transferir-se Liverpool, mas deseja voltar para assumir algum cargo diretivo no clube (foto: Paul Ellis) – Credito: AFP
Continuarei jogando e, embora eu ainda não possa confirmar onde, posso adiantar que não estarei em um clube competitivo. Portanto jamais enfrentarei o Liverpool. É algo que eu nunca poderia fazer”, garante o meio-campista de 34 anos.

“Minha decisão é completamente baseada na vontade de experimentar algo diferente na carreira, assim não terei nenhum arrependimento quando ela acabar”, completa, alimentando as especulações que o colocam em algum clube da Major League Soccer (MLS), a principal liga norte-americana.