Firmino marca, mas City bate Liverpool e reduz vantagem do líder

São Paulo , SP
03/01/2019 19:53:44 — 04/01/2019 00:12:08

Em: Futebol, Futebol Inglês, Liverpool, Manchester City
O Manchester City venceu e renovou suas esperanças de brigar pelo título inglês (Foto: Oli Scarff/AFP)

A diferença entre os dois primeiros colocados do Campeonato Inglês caiu para quatro pontos na noite desta quinta-feira. O brasileiro Roberto Firmino chegou a empatar para o Liverpool, mas o Manchester City ganhou por 2 a 1 e, diante de sua torcida, renovou as esperanças de brigar pelo título nacional.

Com 54 pontos em 21 rodadas, o Liverpool permanece no primeiro lugar do Campeonato Inglês. O Manchester City, agora, contabiliza 50 pontos. Tottenham (48), Chelsea (44) e Arsenal (41) completam o grupo dos cinco melhores do torneio nacional.

Após o jogo decisivo pelo Campeonato Inglês, os dois clubes voltam suas atenções à terceira rodada da Copa da Inglaterra. Neste domingo, novamente dentro de casa, o Manchester City volta a campo para enfrentar o Roterham. Já o Liverpool visita o Wolverhampton na segunda-feira.

O Liverpool esteve muito perto de inaugurar o marcador aos 17 minutos do primeiro tempo nesta quinta. Salah recebeu belo toque de calcanhar de Firmino e acionou Mané, que bateu na trave. No rebote, Stones acertou Ederson e a bola voltou no rumo do gol, mas o zagueiro salvou de carrinho em cima da linha.

O Manchester City conseguiu inaugurar o marcador cinco minutos antes do final do primeiro tempo. Em jogada no fundo pela esquerda, Bernardo Silva cruzou na primeira trave. Aguero se antecipou a Lovren e, mesmo sem ângulo, acertou um belo chute para vencer Alisson.

O Liverpool aproveitou um vacilo da defesa adversária para chegar ao empate aos 19 minutos da etapa complementar. Da direita, Arnold descolou cruzamento de canhota. Do outro lado, Robertson apenas escorou para o brasileiro Firmino, livre de marcação, completar de cabeça.

O Manchester City retomou a vantagem no marcador aos 27 minutos do segundo tempo. Em jogada de contra-ataque, Sterling avançou com a bola dominada e carregou pelo meio. Sané recebeu do companheiro na esquerda e, após uma finalização rasteira, ainda viu um toque na trave antes do gol da vitória.