Ceará e Bahia decidem quem conquista o título da Copa do Nordeste

São Paulo, SP

07-05-2021 20:00:34

O campeão da Copa do Nordeste será conhecido neste sábado. Ceará e Bahia se enfrentam às 16 horas (de Brasília), na Arena Castelão, pelo jogo de volta da finalíssima do torneio.

O Vozão chega em vantagem para o duelo decisivo. O time venceu a primeira partida por 1 a 0 e precisa apenas de um empate dentro de seus domínios para conquistar o bicampeonato da competição.

Nesse cenário, o zagueiro Luiz Otávio destacou que ainda não há nada definido e que a equipe precisa entrar focada para levantar a taça após o apito final. "Temos que estar focados. Pés no chão sempre. O primeiro jogo tivemos um resultado favorável, mas não tem nada ganho. Iremos trabalhar nesses dias que antecedem o jogo e ouvir cada palavra que o professor Guto tem a nos passar. Não será uma partida fácil, mas o nosso grupo está unido e confiante", disse o jogador.


Do outro lado, o Bahia vem com a difícil missão de vencer por pelo menos dois gols de diferença fora de casa para conquistar o torneio. Para piorar, a equipe terá os desfalques de Luiz Otávio, Nino Paraíba e Patrick, que estão suspensos.

No entanto, o Esquadrão de Aço terá o retorno do goleiro Douglas Friedrich para a decisão. O jogador testou positivo para a covid-19 e ficou fora dos últimos quatros jogos do Tricolor. Só que seu substituto, Matheus Teixeira, se destacou com três pênaltis defendidos e pode ser titular diante do Ceará.

FICHA TÉCNICA:
CEARÁ X BAHIA

Local: Arena Castelão, em Fortaleza (CE)
Data: 8 de maio de 2021, sábado
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Denis da Silva Ribeiro Serafim (AL)
Assistentes: Esdras Mariano de Lima Albuquerque (AL) e Brigida Cirilo Ferreira (AL)
VAR: Pablo Ramos Gonçalves Pinheiro (RN)

CEARÁ: Richard; Buiú, Messias, Luiz Otávio e Bruno Pacheco; Oliveira, Pedro Naressi e Vina; Lima, Felipe Vizeu e Mendoza
Técnico: Guto Ferreira

BAHIA: Matheus Teixeira (Douglas Friedrich); Renan Guedes, Conti, Ignácio e Matheus Bahia; Matheus Galdezani, Thaciano e Daniel; Rodriguinho, Gilberto e Rossi
Técnico: Dado Cavalcanti

Deixe seu comentário