COPA DO MUNDO 2018 RÚSSIA
Mesmo com um a mais, a Tunísia não conseguiu bater a Turquia (Foto: Fabrice COFFRINI/AFP)

Nesta sexta-feira, a Tunísia fez mais um amistoso preparatório visando a disputa da Copa do Mundo da Rússia. No Estádio de Genebra, na Suíça, a seleção voltou a empatar, desta vez contra a Turquia, pelo placar de 2 a 2. Tosun e Soyuncu fizeram para os turcos, Badri e Sassi igualaram.

Após um primeiro tempo sem gols, um pênalti sofrido, em favor da Turquia, aos nove minutos da etapa final deu novos ânimos à partida. Cenk Tosun foi para a cobrança e inaugurou a contagem, superando o goleiro Hassen.

A alegria durou pouco pois, dois minutos depois, Anice Badri empatou para a seleção tunisiana. O meia já havia balançado a rede no duelo com Portugal e repetiu a dose nesta sexta.

Os turcos ficaram com um a menos aos 15 minutos, quando Tosun recebeu o cartão vermelho e foi expulso de campo. Os tunisianos passaram a pressionar e chegaram ao gol aos 35 minutos, com Ferjani Sassi.

Porém, a Turquia não se abateu e chegou ao empate já nos acréscimos, com Caglar Soyuncu, que deu números finais ao confronto.

A Tunísia ainda fará mais um teste antes de estrear na Copa do Mundo. No dia sete, o adversário será a Espanha, já em Krasnodar, na Rússia. A primeira partida pelo Mundial será contra a Inglaterra, no dia 18, pelo Grupo G, que ainda conta com Bélgica e Panamá.




No último treinamento da Seleção Brasileira antes de viajar a Liverpool, nesta sexta-feira, o técnico Tite repetiu a escalação titular da atividade da última quinta e mostrou que parece estar certo em relação à equipe que irá enfrentar a Croácia no penúltimo teste do time canarinho antes de sua estreia na Copa do Mundo.

O treinador da Seleção Brasileira separou os jogadores em dois times. O de colete, contendo os considerados titulares, foi composto por Alisson; Danilo, Thiago Silva, Miranda e Marcelo; Casemiro, Paulinho e Fernandinho; Willian, Gabriel Jesus e Philippe Coutinho.

Neymar, que não estará entre os 11 jogadores que iniciarão a partida por conta de sua recém recuperação de uma fratura no pé direito ficará como opção para o segundo tempo, uma vez que o craque ainda não aguenta atuar em alto nível por 90 minutos.

O time sem colete foi composto por Ederson (Cássio); Fagner, Marquinhos, Geromel e Filipe Luís; Vitinho (sub-20), Fred e Taison; Brenner (sub-20), Firmino e Neymar.

Ainda se recuperando de uma lesão no músculo posterior da coxa, Douglas Costa trabalhou à parte com Fábio Mahseredjian, preparador físico da Seleção Brasileira. Embora o atacante da Juventus não esteja nos planos de Tite para o amistoso contra a Croácia, ele irá viajar com o restante do grupo rumo a Liverpool para seguir com seus treinamentos específicos.

Diferentemente de Douglas Costa, Renato Augusto permanecerá em Londres trabalhando com o fisioterapeuta Bruno Mazziotti. O volante sentiu dores no joelho esquerdo, foi poupado das atividades da última quinta-feira e desta sexta, dia em que foi reavaliado pelo departamento médico e acabou cortado da viagem.

Ainda nesta sexta-feira a Seleção Brasileira deverá chegar em Liverpool, de trem. No sábado, às 11h (de Brasília), o grupo trabalha na cidade, onde Tite fará os últimos ajustes para o importante teste da equipe canarinho antes do Mundial. Posteriormente, o treinador e Gabriel Jesus, escolhido para ser o capitão em Anfield, concederão entrevista coletiva.

O duelo entre Brasil e Croácia está marcado para o próximo domingo, às 11h (de Brasília), em Anfield, estádio do Liverpool. A partida irá marcar o reencontro de Philippe Coutinho com o estádio no qual ganhou projeção mundial defendendo os Reds, atuais vice-campeões da Liga dos Campeões.



Última atividade em que Renato Augusto participou aconteceu na quarta-feira (Foto: Lucas Figueiredo/CBF)

Renato Augusto está fora do amistoso contra a Croácia, no próximo domingo, em Anfield. O volante sentiu dores no joelho esquerdo e foi poupado dos treinamentos da última quinta e desta sexta-feira, quando foi reavaliado pelo departamento médico e acabou cortado da viagem de trem rumo a Liverpool.

O jogador do Beijing Guoan permanecerá em Londres, no CT do Tottenham, realizando um trabalho à parte com o fisioterapeuta Bruno Mazziotti, que o conhece bem, já que quando Renato Augusto se despediu do Timão, levou o profissional que também trabalhava no Corinthians junto com ele para a China.

Douglas Costa, por sua vez, está cada vez mais próximo de ser liberado pelo departamento médico após lesão no músculo posterior da coxa. O atacante viajará com o restante do grupo a Liverpool para participar dos últimos trabalhos comandados por Tite antes de pegar a Croácia, porém, não participará do amistoso.

Diferentemente de Douglas Costa, Fagner está liberado para ser testado pelo treinador da Seleção na lateral-direita. O jogador do Corinthians está completamente recuperado da lesão de grau 2 que sofreu na coxa e fica como opção para o lugar de Danilo, que será o titular e sair na frente na disputa pelo setor.

A Seleção Brasileira realiza nesta sexta-feira o último treinamento no CT do Tottenham antes de viajar para Liverpool. Por lá, o time do Brasil ainda fará mais um trabalho para no domingo entrar em campo contra Modric, Rakitic e companhia em Anfield Road.



Guerrero participou do treino desta manhã com a seleção do Peru (Foto: Reprodução)

Menos de 24 horas depois de ser liberado para atuar pela Copa do Mundo o atacante Paolo Guerrero já esteve em campo para o seu primeiro treinamento ao lado dos companheiros para a disputa do mundial. A equipe comandada por Ricardo Gareca atualmente está alojada no centro de treinamento do Schruns FC, time da Áustria.

A seleção peruana já havia divulgado os seus 23 atletas que representariam o país na competição na semana passada, sem a presença de Guerrero. No entanto, o zagueiro Luis Abram Ugarelli foi cortado na última quarta-feira, sem nenhuma justificativa. Dessa forma o atacante deve assumir a vaga do defensor na lista final que será entregue à Fifa na próxima segunda-feira.

Guerrero foi punido pelo Tribunal Arbitral do Esporte no início do mês passado por 14 meses de suspensão. Destes o atacante já cumpriu seis meses anteriormente ao julgamento de maio. Com o efeito suspensivo conseguido através de uma apelação ao Tribunal Federal Suíço o atacante poderá disputar a Copa do Mundo e cumprir a pena depois da competição.

Antes do início do mundial, a seleção peruana ainda fará dois amistosos preparatórios para o torneio. O primeiro deles acontece neste domingo, diante da Arábia Saudita. No dia 9, a equipe enfrenta o Suécia. A seleção do Peru está no grupo C, ao lado da França, Dinamarca e Austrália.



Restando pouco menos de duas semanas para o início da Copa do Mundo, a seleção australiana foi a campo num amistoso contra a República Tcheca na NV Arena, na Áustria, e acabou vencendo o duelo pelo placar de 4 a 0.

Apesar da vitória bastante elástica, a partida não foi tão fácil quando o placar sugere. Com graves problemas defensivos, os australianos só não saíram atrás no marcador porque os tchecos foram pouco felizes no momento das finalizações.

Num contra-ataque despretensioso no, os cangurus amarelos abriram o placar com Leckie aproveitando a bola de Kruse que atravessou a área aos 32 minutos do primeiro tempo.

Nabbout comemora o segundo gol da goleada australiana sobre os tchecos (Foto: Reprodução)

Com o placar aberto na primeira etapa, a Austrália pode focar as suas forças no segundo tempo na sua melhor arma: o contra-golpe. Aos nove minutos, a rápida troca de passes no meio faz a bola chegar a Nabbout, que finalizou rasteiro e ampliou a vantagem.

Num lance parecido com o anterior, Leckie recebeu nova bola na ponta direita, limpou a marcação e finalizou novamente rasteiro para anotar o terceiro dos australianos. Ainda deu tempo para a equipe amarela realizar uma nova jogada pelo lado direito do ataque, onde Degenek tentou realizar o cruzamento e a bola acabou batendo na defesa e enganando o goleiro, fechando o placar em goleada.

A seleção australiana está no Grupo C da Copa do Mundo, ao lado de França, Peru e Dinamarca. Ainda antes do mundial, a equipe comandada por Bert van Marwijk  fará um amistoso contra a Hungria.

Coreia do Sul perde para Bósnia

Em outro amistoso dessa manhã envolvendo ao menos uma equipe que disputará a Copa do Mundo, a Coreia do Sul acabou sendo derrotada para a Bósnia pelo placar de 3 a 1. Com um belíssima atuação de Edin Visca, autor dos três gols bósnios da partida, a Coreia não conseguiu segurar o ímpeto dos europeus, e chegou as redes apenas uma vez com um gol de Jae-Sung Lee.

A equipe asiática está no Grupo F da competição, ao lado da atual campeã Alemanha, México e Suécia. O time ainda terá dois amistosos antes da estreia no mundial, contra a Bolívia no próximo dia 7 de junho e contra Senegal no dia 11.



Neymar vem sendo tratado com todo o cuidado pela comissão técnica e departamento médico da Seleção Brasileira durante a preparação do time canarinho para a Copa do Mundo. Após fraturar o quinto metatarso do pé direito, o craque do Paris Saint-Germain ficou três meses fora dos gramados e ainda busca uma maior confiança para voltar a desempenhar o futebol que todos se acostumaram a ver. Para seus companheiros, no entanto, o rendimento do camisa 10 nos treinos já vem sendo bastante satisfatório.

“Essa lesão, particularmente, é uma lesão bem chata, já tive ela quando era mais novo. Depois de algum tempo, ainda dói, osso é meio complicado. Pelos movimentos que ele tem feito nos treinamentos, tenho visto que ele está muito bem. Ele está retomando a confiança, é abusado, vai para cima, não tem medo. Esse é o primeiro passo para que ele retome a confiança 100%. A gente torce para que ele esteja completamente recuperado até a estreia da Copa do Mundo e sem dúvida nenhuma é um jogador que fará muita diferença para nós”, afirmou Fernandinho.

Inicialmente, havia a possibilidade de Neymar retornar às atividades antes de se juntar à Seleção Brasileira. O Paris Saint-Germain tinha uma pequena esperança de contar com o jogador nos últimos compromissos da temporada, no entanto, a evolução do camisa 10 não foi tão rápida assim, fazendo com que ele pudesse voltar a aparecer nos gramados somente a partir do primeiro dia de preparação da Seleção Brasileira para o Mundial da Rússia.

Thiago Silva, um dos líderes do time canarinho e companheiro de Neymar no PSG, foi outro jogador que comentou sobre o estado físico e psicológico do atacante. O zagueiro, inclusive, revelou que vem discutindo a questão com a estrela brasileira e procurando passar sua experiência para o principal nome da Seleção.

“Eu converso com ele, é mais que natural. Estamos no dia a dia junto. É verdade que ele ficou muito tempo no Brasil após a cirurgia, mas acho que ele está com a cabeça tranquila, está fazendo bons treinamentos. É claro que ele ainda não vai estar no nível do grupo por ter ficado três meses parado, mas o Neymar é um cara inteligente, que sabe o que quer. O que eu procuro passar para ele é que sempre quando você passa por momentos difíceis na sua vida, na sequência é que vem as coisas boas”, pontuou o zagueiro.



Confira a numeração que será utilizada pela Seleção Brasileira na Copa do Mundo (Fotos: Reprodução)

A Confederação Brasileira de Futebol divulgou na manhã desta sexta-feira a numeração oficial que será utilizada pelos jogadores brasileiros na Copa do Mundo e nos dois amistosos preparatórios para o mundial, contra as seleções da Croácia e da Áustria. A principal novidade ficou por conta de Thiago Silva, que assumiu a camisa de número 2, que vinha sendo utilizada pelo lateral Daniel Alves na seleção, mesmo número que utiliza no PSG.

A tradicional camisa 10 segue sendo estampada por Neymar, assim como aconteceu na edição de 2014. A camisa 9 fica com Gabirel Jesus, enquanto Philippe Coutinho jogará o mundial com o número 11.

Apesar da numeração divulgada, é difícil afirmar que isso contribui em alguma maneira na tentativa de desvendar a escalação titular de Tite. Isso porque algumas peças consideradas titulares preferiram repetir a numeração que utilizam em seus clubes, como é o caso de Marcelo, que usará a camisa 12.

A estreia da Seleção Brasileira com esta nova numeração acontece neste domingo, quando os comandados de TIte irão a campo para o amistosos contra a Croácia no estádio de Anfield, do Liverpool.



Principal nome da Costa Rica para a Copa do Mundo da Rússia, Keylor Navas será adversário do Brasil logo na primeira fase do torneio. Pelo Grupo E, que também conta com Suíça e Sérvia, as seleções se enfrentam na segunda rodada, no dia 22 de junho (sexta-feira), em partida que colocará o goleiro frente e frente com velhos conhecidos: Casemiro e Marcelo, ambos companheiros de Real Madrid. O lateral esquerdo, inclusive, é considerado por ele como uma de suas principais amizades no Santiago Bernabéu.

“O Marcelo, além de ser um grande jogador, vemos o jeito de ser dele, sempre alegre, muito carismático. Desde que cheguei em Madri ele me recebeu com braços abertos, sempre apoia, o tenho sempre no meu lado esquerdo do peito, dentro e fora de campo, em todos os momentos difíceis e nos momentos que desfrutamos que as coisas saíram bem”, apontou. “Durante os jogos é um cara que, independentemente, do tipo de partida, se é um jogo tenso, se é uma disputa de título, está sempre alegre, sempre brincando. É alguém que sou muito agradecido de ter por perto como amigo”, completou.

Navas é o principal nome da Costa Rica para a Copa da Rússia (Foto: Ezequiel BECERRA/AFP)

A respeito do confronto, Navas garante que será uma disputa sadia, mesmo com o contexto de Copa do Mundo.

“No futebol, somos todos profissionais. Estamos ali para defender nossas camisas e nunca vamos desejar o mal para nenhum adversário, nem sobre lesão ou nenhum sentido. Mas vamos lutar, ele (Marcelo) quer que o Brasil ganhe, eu quero que a Costa Rica ganhe e independentemente do que aconteça eu espero que tenhamos muito mais anos de amizade”, afirmou o arqueiro.

Falando em Real Madrid, o goleiro não conseguiu fugir das perguntas a respeito do assunto que movimentou o noticiário merengue nesta quinta-feira: a saída do técnico Zinédine Zidane do comando da equipe. Para além do trabalho realizado nas últimas três temporadas, o costarriquenho fez questão de manifestar seu afeto e consideração pelo francês.

“Ele sempre foi uma pessoa muito transparente, um treinador que, independentemente do que um jogador tem que falar para a imprensa, ele nunca falaria mentiras, ou diria uma coisa e depois fizesse outra nos bastidores. É uma pessoa que não à toa se vê que todos os torcedores do Real Madrid e os jogadores gostam e têm um carinho enorme. Não tenho dúvidas de que como jogador foi um dos melhores, se não o melhor, e como treinador também. Nós tivemos o prazer de conhecê-lo e ele marcou nossas vidas com seu jeito de ser”, ressaltou.

A Costa Rica ainda fará mais dois testes antes de entrar em campo pela Copa do Mundo da Rússia. Navas e companhia enfrentarão a Irlanda do Norte neste domingo, em San José, na Costa Rica, e depois vão a Bruxelas para medirem forças com a Bélgica, no dia 11 de junho. A estreia na Copa é no dia 17, contra a Bélgica.



Horas depois do anúncio feito pelo Tribunal Federal da Suíça (TFS), de que havia conseguido o efeito suspensivo superprovisório para a Copa do Mundo, Paolo Guerrero já se juntou à seleção peruana na Áustria, onde o grupo realiza parte do período preparatório. Sua chegada, inclusive, foi comunicada pela Federação Peruana de Futebol por meio de uma de suas redes sociais.

 

Na sequência, o atacante vestiu o uniforme de concentração e posou para fotos com companheiros de time, com o técnico Ricardo Gareca e com o presidente da FPF. O camisa nove não foi incluído na lista dos 24 nomes pré-convocados ao Mundial. Porém, provavelmente faz parte da lista de 35 atletas e com certeza ganhará uma vaga entre os 23 que estarão em campo na Rússia. A relação final deve ser enviada para a Fifa até a próxima segunda-feira.

 

O Peru ainda passará por mais dois testes antes da tão esperada estreia na Copa do Mundo, torneio que a seleção não disputa há 36 anos. O primeiro amistoso é contra a Arábia Saudita, neste domingo, em St. Gallen, na Suíça. Depois, o adversário será a Suécia, no dia nove de junho, em Gotemburgo.

Na Copa, os comandados de Gareca se encontram no Grupo C, ao lado de França, Austrália e Dinamarca. A estreia será no dia 16 de junho (sábado), contra os dinamarqueses.