Vitória aproveita expulsão, vence no Beira-Rio e elimina Inter da Copa do Brasil

São Paulo, SP

10-06-2021 23:28:23

O Internacional está eliminado da Copa do Brasil. Pelo jogo de volta da terceira fase do torneio nacional, o Colorado perdeu por 3 a 1 para o Vitória, nesta quinta-feira, no Beira-Rio. O resultado classificou o Leão, que havia sido derrotado por 1 a 0 na ida, em Salvador.

No primeiro tempo, os donos da casa foram amplamente superiores, mas não conseguiram converter as chances em gols. Na segunda etapa, os visitantes aproveitaram a expulsão de Pedro Henrique e marcaram com Samuel, Eduardo e Guilherme Santos na estreia do técnico Ramon Menezes. Johnny descontou para o Inter.

As duas equipes voltam a campo no domingo. Enquanto o Internacional visita o Bahia, no Pituaçu, pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro, o Vitória recebe o Operário-PR, no Barradão, pela terceira rodada da Série B. Ambos os jogos serão realizados às 20h30 (de Brasília).


O jogo - Mesmo precisando apenas de um empate para se classificar, o Internacional foi em busca de um triunfo no Beira-Rio. Os donos da casa dominaram o primeiro tempo, criando as principais oportunidades. Logo no início, Edenílson levantou bola na área em cobrança de falta e Thiago Galhardo ajeitou de cabeça para Yuri Alberto, que, livre, finalizou para fora.

Antes dos 15 minutos, o Inter chegou meias duas vezes. Primeiro, Taison tirou tinta da trave visitante após roubada de bola e contra-ataque puxado por Moisés. Na sequência, foi Patrick quem levou perigo em chute cruzado de dentro da área.

Já a melhor oportunidade do Vitória na primeiro etapa foi com Ygor Catatau, aos 35 minutos. O atacante recebeu de Pablo Siles pela direita e, quase na linha de fundo, bateu forte e acertou a trave. A reposta colorado veio no minuto seguinte, em rápido contra-ataque que terminou na finalização de pé esquerdo de Yuri Alberto defendida por Lucas Arcanjo.

O goleiro foi fundamental para manter o placar em 0 a 0 antes do intervalo. O arqueiro fez boas intervenções em tentativa de longe de Taison e cabeçada de Yuri Alberto após escanteio cobrado por Edenílson. Nos minutos finais, Moisés ainca acertou a trave em cobrança de falta.

O segundo tempo, por outro lado, foi totalmente diferente. Logo aos cinco minutos, Pedro Henrique recebeu o segundo cartão amarelo após deixar o pé no peito de Guilherme Santos e foi expulso. Com um jogador a mais, o Vitória passou a dominar a partida.

Foi o Inter, no entanto, que criou a primeira chance da segunda etapa. Aos 13 minutos, Saravia tabelou com Taison, invadiu a área e ficou cara a cara com Lucas Arcanjo, mas bateu em cima do goleiro.

O Rubro-Negro respondeu com Samuel, aos 24 minutos. Após finalização de fora da área de Dinei que balançou o travessão, o atacante ficou com o rebote na pequena área e só teve o trabalho de completar de cabeça para deixar os visitantes na frente.

O tento deu novo ânimo ao Vitória, que passou a pressionar ainda mais. Primeiro, David exigiu defesa de Daniel. No lance seguinte, Dinei levou perigo em sobra dentro da área, mas chutou por cima do gol.

Justamente quando era pior no jogo, o Internacional buscou o empate. Aos 32 minutos, Edenílson cobrou falta de cavadinha e Patrick cabeceou para Cuesta, que ajeita para Johnny, sem marcação, completar para a rede.

Acontece que a igualdade durou pouco. Dois minutos depois, Eduardo recebeu na entrada da área, mandou uma bomba de pé direito e acertou o ângulo esquerdo de Daniel, marcando um golaço.

Quando parecia que o confronto seria decidido nos pênaltis, o Vitória sacramentou a classificação. Aos 39 minutos, Guilherme Santos aproveitou o cruzamento da direita de Raul Prata, subiu mais que a defesa colorada e mandou de cabeça para o fundo do gol.

No fim, o Inter tentou uma reação, mas em vão. Boschilia acabou sendo expulso, também recebendo dois cartões amarelos. Com isso, o Vitória garantiu a classificação.

FICHA TÉCNICA
INTERNACIONAL 1 X 3 VITÓRIA

Local: Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)
Data: Quinta-feira, 10 de junho de 2021
Hora: 21h30 (horário de Brasília)
Árbitro: Felipe Fernandes de Lima (MG)
Assistentes: Guilherme Dias Camilo (Fifa-MG) e Frederico Soares Vilarinho (MG)
Cartões amarelos: Pedro Henrique e Boschilia (Internacional); Pablo Siles, Samuel e Marcelo Alves (Vitória)
Cartões vermelhos: Pedro Henrique e Boschilia (Internacional)

GOL:
INTERNACIONAL:
Johnny, aos 32 minutos do 2ºT
VITÓRIA: Samuel, aos 24, e Eduardo, aos 34, e Guilherme Santos, aos 39 minutos do 2ºT

INTERNACIONAL: Daniel; Saravia, Pedro Henrique, Víctor Cuesta e Moisés; Johnny (Boschilia), Edenílson e Taison (Maurício); Thiago Galhardo (lucas Ribeiro), Yuri Alberto (Caio Vidal) e Patrick.
Técnico: Miguel Ángel Ramírez

VITÓRIA: Lucas Arcanjo; Raul Prata, Marcelo Alves, Wallace Reis e Roberto; Mateus Moraes (David), Gabriel Bispo, Pablo Siles (Dinei) e Soares (Guilherme Santos); Samuel (Eduardo) e Ygor Catatau (Fernando Neto).
Técnico: Ramon Menezes

Deixe seu comentário