Copa do Brasil

Arena Corinthians | 15/5/2019 - 21:30

Flamengo marca perto do fim e sai na frente do Corinthians em plena Arena

Tomás Rosolino - São Paulo , SP
15/05/2019 23:26:49

Em: Copa do Brasil, Corinthians, Escolha do editor, Flamengo, Futebol

O Corinthians tentou jogar, abriu seu time e buscou pressionar o Flamengo na noite desta quarta-feira, dentro da Arena. Depois de muita  disputa no meio-campo e alguns contragolpes de ambos os lados, porém, quem saiu vencedor foi o time visitante, aproveitando uma bela cabeçada de Willian Arão, já na parte final do jogo. Com o resultado, o Rubro-Negro pode jogar pelo empate no segundo jogo, enquanto o Timão precisa de uma vitória por dois gols de diferença para avançar às quartas de final.

A definição do confronto será no dia 4 de junho, às 21h30 (de Brasília), no Maracanã. Bem antes disso, porém, ambos os times têm outros compromissos marcados. Pelo Brasileiro, os comandados do técnico Fábio Carille enfrentam o Atlético-PR, no domingo, às 16h (de Brasília), na Arena da Baixada, enquanto os atletas de Abel Braga visitam o Atlético-MG, no sábado, às 19h (de Brasília), no Independência.

Jogo equilibrado, Flamengo perigoso

O primeiro tempo mostrou um duelo bastante equilibrado na Arena, com o Alvinegro apostando em uma marcação alta para surpreender os cariocas. Mostrando um time com apenas Ralf de volante, Carille viu seu time ter boa oportunidadea com Vagner Love, mas o atacante não passou para Boselli, livre. A resposta veio em cruzamento de Arrascaeta para Léo Duarte, que cabeceou rente à trave de Cássio.

O Flamengo, que conseguiu siar da pressão corintiana depois dos 15 minutos do primeiro tempo, passou a ter mais a bola em seus pés e colocou seus meias no jogo. Em bola alçada na área, Bruno Henrique ganhou disputa com Manoel e a redonda sobrou nos pés de Éverton Ribeiro. O canhoto cortou Avelar duas vezes, uma para fora e outra para dentro, chutando para defesa segura de Cássio.

O Timão, aparentemente assustado com o perigo levado pelo adversário, deixou de pressionar o adversário e recuou a marcação, esterilizando um pouco das armas adversárias. Até o intervalo, o único lance de ataque relevante foi um chute de fora da área de Bruno Henrique, ao lado da meta de Cássio.

Elemento surpresa decide

No segundo tempo, o Alvinegro apostou por pouco tempo na mesma equipe da etapa inicial. Sem reação dos seus comandados, logo mandou a campo Pedrinho no lugar de um apagado Mateus Vital. Depois, Jadson no posto de um tão apagado quanto Boselli. Abel respondeu com Diego na vaga de Arrascaeta. A partir dali o jogo ficou franco e bem mais agradável para os presentes e telespectadores.

Os donos da casa ameaçaram em duas finalizações de Danilo Avelar, uma defendida por Diego Alves e outra para fora. Depois, Jadson chutou para boa defesa do arqueiro adversário. O Mengão respondeu com bom contra-ataque, passe de Diego para Bruno Henrique exigir boa defesa de Cássio. Quando o duelo parecia diminuir um pouco de ritmo, porém, veio o elemento surpresa para abrir o placar.

Clayson errou passe bobo na saída de bola e entregou nos pés do Flamengo. A redonda rodou até o lado esquerdo, onde Bruno Henrique cruzou na medida para Willian Arão, como um raio, entrou na defesa adversária e cabeceou no canto, sem chances para o goleiro. Os cariocas, a partir dali, conseguiram segurar a vantagem e, mesmo com uma tentativa de pressão dos anfitriões, saíram vencedores.

FICHA TÉCNICA
CORINTHIANS X FLAMENGO

Local: Arena Corinthians, em São Paulo (SP)
Data: 15 de maio de 2019 (Quarta-feira)
Horário: 21h30(de Brasília)
Árbitro: Anderson Daronco (Fifa-RS)
Assistentes: Guilherme Dias Camilo (Fifa-MG) e Rafael da Silva Alves (RS)
VAR: Leandro Vuaden (RS)
Público: 30.364 pagantes
Renda: R$ 2.010.205,00
Cartões amarelos: Henrique, Clayson (Corinthians); Éverton Ribeiro (Flamengo)
Gols:
FLAMENGO: Willian Arão, aos 33 minutos do segundo tempo

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Manoel, Henrique e Danilo Avelar; Ralf, Junior Sornoza (Júnior Urso) e Mateus Vital (Pedrinho); Vágner Love, Boselli (Jadson) e Clayson
Técnico: Fábio Carille

FLAMENGO: Diego Alves; Pará, Rodrigo Caio, Léo Duarte e Renê; Gustavo Cuéllar, Willian Arão, De Arrascaeta (Diego) e Everton Ribeiro (Lincoln); Bruno Henrique e Gabigol (Vitinho)
Técnico: Abel Braga

Ads – Rodapé Posts




Comentários

Escalação
Corinthians

Cássio


Fágner


Manoel


Henrique


Danilo Avelar


Ralf


Mateus Vital


Junior Sornoza


Clayson


Vágner Love


Mauro Boselli


Pedrinho


Jádson


Júnior Urso


Tec - Fábio Carille
Flamengo

Diego Alves


Pará


Rodrigo Caio


Leonardo Duarte


Renê


Gustavo Cuellar


Willian Arão


De Arrascaeta


Éverton Ribeiro


Bruno Henrique


Gabriel Barbosa


Diego


Vitinho


Lincoln Corrrea


Abel Braga - Tec

Posse de bola

68%
32%
Corinthians
Santos
999
Corinthians

Passe

999
Santos
999
Corinthians

Finalização

999
Santos
999
Corinthians

Cruzamento

999
Santos
999
Corinthians

Desarme

999
Santos

Faltas

24
COR
×
15
SAN

Impedimentos

24
COR
×
15
SAN

Cartões amarelos

24
COR
×
15
SAN

Cartões vermelhos

24
COR
×
15
SAN

Estatísticas de jogadores

Corinthians

LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner

Santos

LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner
Estatísticas de jogadores