Gazeta Esportiva

Simeone cobra Atlético com “mesma intensidade” na semana que vem

São Paulo, SP

15/04/15 | 10:43

Antes de disputar mais um clássico contra seu maior rival, o Atlético de Madri ainda tem compromisso pelo Campeonato Espanhol neste sábado, mas as atenções estão todas voltadas ao duelo da Liga dos Campeões da Europa. Tanto que o técnico Diego Simeone já começa a cobrar sua equipe para a partida de volta contra o Real Madrid.

Antes de disputar mais um clássico contra seu maior rival, o Atlético de Madri ainda tem compromisso pelo Campeonato Espanhol neste sábado, mas as atenções estão todas voltadas ao duelo da Liga dos Campeões da Europa. Tanto que o técnico Diego Simeone já começa a cobrar sua equipe para a partida de volta contra o Real Madrid.

Após empate em 0 a 0 na primeira partida, o Atleti visita o time merengue na próxima semana para decidir quem estará entre os semifinalistas. O plano de Simeone é ter um time ‘brigador’ no estádio rival.

“Precisamos mostrar a mesma intensidade e união que tivemos no segundo tempo. Iremos ao Bernabéu com a ideia de tentar o melhor possível no que será um jogo muito duro e difícil”, projeta o treinador, sem querer saber da postura que obrigou o goleiro Oblak a se desdobrar para manter a partida em zeros na etapa inicial.

Ainda que atuando no Vicente Calderón na última terça-feira, o Atlético de Madri esteve acuado até o intervalo. Precisou de grandes intervenções de Oblak para não ser vazado, mas acabou com resultado que lhe dá condições de classificar fora de casa.

Técnico não quer saber de apatia no reencontro do Atlético com seu maior rival, na próxima semana (Foto: Gerard Julien)
Técnico não quer saber de apatia no reencontro do Atlético com seu maior rival, na próxima semana (Foto: Gerard Julien) - Credito: AFP

Um empate com gols garante o Atlético na fase seguinte, enquanto novo 0 a 0 leva à prorrogação. Como o Real Madrid não venceu nenhum dos sete dérbis disputados na temporada, o otimismo está do lado colchonero. Simeone já prevê o que terá pela frente no Bernabéu.

“Esperamos um jogo clássico, aquele que todos amariam estar. Existirá aquele temor e ansiedade que nos fazem apaixonarmos por este esporte”, discursa, em contagem regressiva para o duelo das 15h45 (de Brasília) do próximo dia 22.

Deixe seu comentário