Bayern de Munique domina Leverkusen e conquista o 20º título da Copa da Alemanha

São Paulo, SP

04-07-2020 17:01:35

Pouco menos de 20 dias depois de garantir o título do Campeonato Alemão, o Bayern de Munique conquistou mais um troféu, o segundo desde a retomada do futebol. Neste sábado, os bávaros encararam o Bayer Leverkusen no Estádio Olímpico de Berlim, pela final da Copa da Alemanha, e venceram pelo placar de 3 a 1. Alaba, Gnabry e Lewandowski marcaram para os campeões, enquanto Sven Bender e Havertz descontaram

Com o resultado, a equipe comandada pelo técnico Hans-Dieter Flick levou a taça do torneio nacional pela 20ª vez em sua história. A conquista também garantiu ao Bayern de Munique a dobradinha de títulos nacionais pela segunda temporada consecutiva, com chance de se tornar triplete com a Liga dos Campeões. Já o Bayer Leverkusen ainda tem a disputa da Liga Europa. Ambos os torneios continentais serão retomados no mês de agosto.

Bayern de Munique dominou a partida e venceu o Leverkusen pelo placar de 4 a 2 (Foto: Alexander Hassenstein/POOL/AFP)

O campeão alemão começou o duelo sem deixar os adversários respirarem, com boas chegadas de Lewandowski e Coman nos dez primeiro minutos. E o gol veio logo aos 15. Lewa sofreu falta na entrada da área e David Alaba foi para a cobrança. O austríaco bateu com perfeição, por cima da barreira, e abriu o marcador.

Os bávaros ampliaram a vantagem apenas oito minutos depois. Kimmich recebeu no meio e achou um grande passe em profundidade na direita para Gnabry, que entrou na área e bateu cruzado para balançar as redes do Leverkusen. Vencendo por 2 a 0, o time de Hans-Dieter Flick pouco sofreu na etapa inicial, com o goleiro Neuer mal tendo que trabalhar.


No segundo tempo, o técnico Peter Bosz tentou reverter a situação ao colocar Demibay e Volland nos lugares de Baumgartlinger e Amiri, respectivamente. Mas o goleiro Hradecky complicou as ambições do Leverkusen aos 13 minutos. Neuer deu um chutão para frente, Lewandwoski dominou na intermediária, arriscou a finalização e viu o arqueiro adversário levar um frango.

O Bayer Leverkusen não se rendeu e diminuiu cinco minutos depois, em cabeçada de Sven Bender após cobrança de escanteio. Contudo, o Bayern ainda marcou mais uma vez. Perisic fez a jogada pela esquerda, cruzou rasteiro e achou Lewandowski, que tocou de cobertura: 4 a 1.

Nos acréscimos, o árbitro viu um toque no braço de Davies dentro da área e assinalou a penalidade máxima. Havertz cobrou com categoria e converteu, mas não conseguiu evitar a festa dos bávaros.

FICHA TÉCNICA
BAYER LEVERKUSEN 2 X 4 BAYERN DE MUNIQUE

Local: Estádio Olímpico, em Berlim, na Alemanha
Data: Sábado, 4 de julho de 2020
Horário: 15h (de Brasília)
Árbitro: Tobias Welz
Assistentes: Rafael Foltyn e Martin Thomsen
VAR: Felix Zwayer

Cartões amarelos: Wendell (Bayer Leverkusen); Lewandowski (Bayern de Munique)
Gols:
Sven Bender, aos 18 minutos do segundo tempo; Havertz, aos 49 minutos do segundo tempo (Bayer Leverkusen) Alaba, aos 15 minutos do primeiro tempo; Gnabry, aos 23 minutos do primeiro tempo; Lewandowski, aos 13 e aos 43 minutos do segundo tempo (Bayern de Munique)

BAYER LEVERKUSEN: Hradecky; Lars Bender (Weiser), Sven Bender, Tapsoba e Wendell; Aránguiz e Baumgartlinger (Demibay); Amiri (Volland), Diaby e Bailey (Bellarabi); Havertz.
Técnico: Peter Bosz

BAYERN DE MUNIQUE: Neuer; Pavard, Boateng (Lucas Hernández), Alaba e Davies; Kimmich e Goretzka; Gnabry (Philippe Coutinho), Muller (Thiago) e Coman (Perisic); Lewandowski..
Técnico: Hans-Dieter Flick

Deixe seu comentário