Valendo vaga no G4, Brasil recebe Atlético-GO em Pelotas

São Paulo, SP

23-08-2016 08:35:29

Valendo vaga no G4, o Brasil irá receber o Atlético-GO no estádio Bento de Freitas, em Pelotas (RS), às 20h30 (de Brasília) desta terça-feira. Com apenas um ponto de distância do quarto colocado, os donos da casa buscam a vitória para poderem entrar na zona dos quatro melhores do campeonato e voltarem a sonhar com o acesso à elite do Campeonato Brasileiro. Já o visitante goianiense também precisa dos três pontos para poder se firmar na zona de classificação, com 34 pontos, a equipe está a um de diferença do quarto colocado, CRB.

Leia mais: 

Brasil de Pelotas surpreende e vence o Paraná na Vila 

Atlético-GO vacila no fim e cede empate para o Oeste na Serra Dourada 

O time de Pelotas está fazendo sua melhor campanha na Série B neste ano. Além de não perder há cinco rodadas, a última vez que a equipe tropeçou foi contra o líder Vasco, no dia 9 de julho. Desde então, engatou numa sequência de dois empates e três vitórias. Com isso, o grupo já pode começar a pensar numa campanha de acesso, que é um assunto do qual estão familiarizados.

No ano de 2014, o Xavante conseguiu subir da Série D para a C, e em 2015, conquistou a vaga na segunda divisão do Campeonato Brasileiro. Sendo assim, uma vitória em casa é fundamental para manter a campanha de regularidade e sonhar com a busca de espaço na Série A do Brasileirão, no ano que vem.

Ainda assim, o Brasil continua mantendo seu principal foco na Série B, que é se manter na competição em 2017 e deixar qualquer chance de rebaixamento longe de cogitação. Com 30 pontos no primeiro turno do campeonato, o Rubro-Negro já alcançou praticamente dois terços do caminho, já que se fizer a metade da pontuação na segunda parte da competição, a equipe chega a 45 pontos que, no ano passado, foi o suficiente para ficar no campeonato.

Comandado pelo técnico Rogério Zimmermann, o Brasil deverá entrar em campo com praticamente a mesma escalação do último jogo, quando conseguiu vitória por 2 a 0, diante do Paraná, fora de casa. As únicas alterações poderão ficar por conta dos retornos do lateral-esquerdo Marlon e do volante Jean, que estavam suspensos na última rodada e que agora voltam para completar o time. Ainda no departamento médico, o goleiro Marcos está de fora da lista de relacionados.

A apenas um ponto de distância do adversário, Atlético-GO precisa de vitória para se manter no G4 (Foto: Divulgação/ACG)
A apenas um ponto de distância do adversário, Atlético-GO precisa de vitória para se manter no G4 (Foto: Divulgação/ACG)

Após empatar contra o Oeste, na última rodada, o time de Goiânia se reapresentou no sábado e iniciou a preparação para tentar a vitória em território gaúcho e continuar no G4 da Série B. Na última partida, o time foi muito criticado por conta do empate, já que estava em situação favorável na tabela e, com a vitória, ficaria ainda mais tranquilo quanto a sua manutenção na zona de classificação.

Diante disso, o goleiro Kléver, que sofreu o tento da equipe de Itápolis aos 47 minutos do segundo tempo, acrescentou que não há mais tempo para lamentar o resultado e que é preciso focar no próximo jogo. "Nós não temos tempo para pensar mais no jogo de ontem, tomamos o empate no final, é algo de jogo, que não dá pra voltar atrás. Os erros da partida contra o Oeste foram assimilados e agora temos que pensar no jogo complicado contra o Brasil, fora de casa", ressaltou.

Já em Pelotas, o time rubro-negro realizou sua última atividade visando a partida contra o Brasil, na tarde desta segunda-feira. Com alguns retornos, o elenco do técnico Marcelo Cabo teve a volta do zagueiro Marllon e do volante Pedro Bambu, que estiveram de fora do confronto contra o Oeste, pois cumpriram suspensão. Sem problemas com o departamento médico, o restante da equipe segue como a mesma formação da última partida.

FICHA TÉCNICA
BRASIL X ATLÉTICO-GO

Local: Estádio Bento de Freitas, em Pelotas (RS)
Data: 23 de agosto, terça-feira
Horário: 20h30 (de Brasília)
Árbitros: Grazianni Maciel Rocha (RJ)
Assistentes: Eduardo de Souza Couto e Carlos Henrique Alves de Lima Filho (RJ)

BRASIL: Eduardo Martini; Weldinho, Leandro Camilo, Teco e Marllon; Leandro Leite (Jean), Washington e Diogo Oliveira; Elias e Ramón
Técnico: Rogério Zimmermann

ATLÉTICO-GO: Kléver; Matheus Ribeiro, Marllon, Lino e Romário; Pedro Bambu, William Schuster, Magno Cruz e Jorginho; Gilsinho e Alison
Técnico: Marcelo Cabo

Deixe seu comentário