Wada descredencia Rússia e Argentina; Brasil está na mira

São Paulo, SP

18-11-2015 21:24:40

Envolvida em escândalo de doping no atletismo, a Rússia foi descredenciada pela Agência Mundial Antidoping (Wada), nesta quarta-feira. Argentina, Andorra, Bolívia, Israel e Ucrânia também foram considerados em desacordo com o código da entidade e receberam a mesma sanção de seu Comitê Executivo.

Em painel realizado na cidade de Colorado Springs, nos Estados Unidos, a agência também colocou o Brasil na lista de observação por conta de suas práticas antidoping, além de potências do esporte europeu como França, Espanha e Bélgica, além de Grécia e México. Todas ficarão na mira a partir desta quarta-feira.

Os países que tiveram suas próprias agências antidoping descredenciadas pelo órgão internacional passarão a realizar seus exames em outros laboratórios de maneira independente, ou seja, terão de arcar com os custos dos testes, sem subsídio e legitimação da entidade. A Rússia, especificamente, cujo atletismo está suspenso e passa por investigação, cogita organizar uma nova agência para recuperar a credibilidade.

Já o Brasil e os demais países nos quais a Wada está “de olho” deverão buscar sua readequação ao código até o dia 18 de março a fim de evitar o descredenciamento. No caso da nação verde-amarela, a pressão é ainda maior, pois seria um constrangimento para o país-sede das Olimpíadas de 2016 estar em desacordo com as normas internacionais de prevenção ao doping.

Deixe seu comentário