Rio Ferdinand admite interesse em comandar a seleção da Inglaterra

São Paulo, SP

15-07-2016 16:04:15

A seleção da Inglaterra e seu antigo técnico, Roy Hodgson, seguiram rumos diferentes após a eliminação precoce na Eurocopa. O ídolo e antigo zagueiro do Manchester United, Rio Ferdinand, arriscou dizer o que deu errado na desastrosa campanha da equipe, além de admitir total interesse em ocupar o cargo deixado pele ex-treinador.

“Quando você não conhece seus jogadores titulares, quando chega ao torneio e não sabe qual é a melhor formação, há um problema”, disse o ex-jogador ao Copa90. “Quando jogando em um time, os indivíduos só podem alcançar sua melhor forma se as bases forem fortes, se houver união. É necessário haver uma estrutura e você precisa entender o que, exatamente, você quer que seu time faça”, continuou Ferdinand.

O ex-zagueiro de 37 anos atuou 81 vezes com a camisa da seleção inglesa desde sua estreia em 1997. “Quando um jogador não está jogando bem individualmente, ele pode se apoiar nessa plataforma de estrutura”, explicou. “É por isso que eu deveria ser o técnico!”, finalizou.

Após a afirmação, Ferdinand foi questionado sobre a seriedade de seu interesse em comandar a equipe. “Sim, a qualquer hora”, declarou, apesar de não ter experiência no cargo.

Ferdinand fez sua estreia nos gramados em 1996, pelo West Ham, e conquistou seis títulos do Campeonato Inglês com o Manchester United, onde jogou por 12 temporadas. O ex-defensor pendurou as chuteiras em 2015, após uma temporada única com o Queens Park Rangers.

Deixe seu comentário