Futebol/Bastidores

Para mudar imagem na base, Corinthians aposta em parcerias como modelo de sucesso

Marcelo Baseggio* - São Paulo , SP
14/03/2016 16:57:45 — 14/03/2016 17:14:07

Em: Bastidores, Corinthians, Futebol
Base do Corinthians foi vice-campeã da Copa São Paulo de Futebol Júnior (Foto: Corinthians/Divulgação)
Base do Corinthians é a atual vice-campeã da Copa São Paulo de Futebol Júnior (Foto: Corinthians/Divulgação)

Maycon foi o responsável por fechar a vitória do Corinthians no último domingo, quando marcou o terceiro gol da equipe no triunfo diante do Botafogo-SP. Fruto das categorias de base do clube, ele é um dos jogadores que personificam o trabalho que o Timão vem realizando no departamento nos últimos cinco anos. O que poucos sabem é que antes de uma jovem promessa marcar um gol pela equipe titular de um grande time, há muitos fatores por trás que, aos poucos, vão ajudando a construir o atleta.

O Corinthians não é conhecido no cenário do futebol brasileiro como um dos principais clubes a formar grandes jogadores. Diferentemente do Santos, por exemplo, não há no Parque São Jorge a cultura de integrar na equipe profissional uma grande quantidade de jovens promessas, no entanto, segundo o gerente de futebol da base corintiana, Fabio Barrozo, nos últimos cinco anos as coisas mudaram e o clube vem dando mais oportunidades para os jovens de talento.

Das últimas gerações formadas a mais bem sucedida, considerada pelo próprio departamento do Corinthians, é a de 2012, que contou, entre outros jogadores, com Marquinhos, que hoje defende o Paris Saint-Germain. O zagueiro é um dos maiores exemplos do trabalho que vem sendo efetuado na base alvinegra que não tem como o único objetivo formar grandes atletas, mas também priorizar os títulos em disputa.

“Muitos adotam o discurso que os jogadores das categorias de base não têm obrigação de vencer os campeonatos que disputam, que o mais importante para o clube é formar o atleta. Aqui no Corinthians a gente prioriza a formação desse atleta, mas também acreditamos que é preciso ganhar, porque no Corinthians precisamos de jogadores com mentalidade vencedora. Aqui é preciso jogar bem e também vencer”, afirmou Fábio Barrozo em encontro organizado pela Abex (Associação Brasileira dos Executivos de Futebol).

Através de parcerias com clubes menores, como o Flamengo de Guarulhos, Tigres do Brasil e Bragantino, o Corinthians tenta dar oportunidades para os atletas que acabam não sendo promovidos do sub-17 para o sub-20. Um destes exemplos é o zagueiro Yago, novo titular da defesa do técnico Tite e que passou por empréstimos antes de voltar ao Corinthians. O defensor defendeu o Flamengo de Guarulhos na Série A3 do Paulista e o Bragantino para depois  integrar o elenco principal do clube pelo qual foi revelado, mostrando que as parcerias podem render bons resultados para o Timão.

Após ter de ceder o terreno onde ficava o centro de treinamento das categorias de base, em Itaquera, para ser construído o estádio do Corinthians, o clube finaliza agora a construção do novo local onde abrigará as jovens promessas alvinegras. A previsão é que em dezembro as obras, que acontecem logo ao lado do CT do profissional, sejam finalizadas. Por enquanto, os garotos corintianos utilizam o Parque São Jorge, antigo CT do profissional, como local de preparação para as competições.

*Especial para a Gazeta Esportiva




  • Calçagrande

    Ponto de Vista….acho que o timão dá muito valor para filhos de Diretores e outros apadrinhados…..deveriam tratar com carinho e atenção a base, pois é ela que vai dar lucros ao clube….o grande problema do timão e de outros clubes são os negocios obscuros….muito empresario com livre acesso….muita gente gando dinheiro por fora…..tem muita coisa errada na base, por isto que o futebol no Brasil esta um lixo…JHOGADOR MEIA BOCA SE ACHANDO CRAQUES…só tem rolo!

  • 12 DE ORURO

    BOM DIA, AMIGOS LULLINTIANOS, PRÓ “GILLLMA”.
    LULLINTIANOS PEDÓFILOS E ASSASSINOS DE CRIANÇAS!
    COMO MUDAR A IMAGEM DA BASE? NÃO SE ESQUEÇAM DE ORURO!
    VOCÊS, C0VARD3S, SÃO INFANTICIDAS E PEDÓFILOS QUE TRUCIDAM CRIANÇAS INDEFESAS!
    C0VARD3S!
    BOM DIA PRA ESCÓRIA DA HUMANIDADE.
    27 MILHÕES DE “ESCORIADOS” QUE FIZERAM FESTA AO RECEBER OS ASSASSINOS DE ORURO.
    PARABÉNS, LULLINTIANOS C0V4RDES!

    • Agnaldo

      Que basbaquice é essa que você publica cara… Aff Deus é pai.

      • 12 DE ORURO

        NÃO É BASBASQUYCY, CARA. É A VERDADE…

        • Agnaldo

          meu amigo sou corintiano e nunca fiz maldade pra ninguém e não sou petista …. Entendo sua revolta ,mas garanto a você que não fiz festa com a libertação dos presos de Oruro e não apoio nenhum tipo de violência. Quero dizer que não se pode generalizar uma torcida inteira por causa de alguns marginais.. Marginais esses que toda torcida tem …
          Mas tranquilo quem sou eu pra mudar sua opinião,não é verdade ???