Ex-médica do Chelsea encaminha processo contra Mourinho

São Paulo, SP

02-11-2015 16:09:42

 

A ex-médica do Chelsea, Eva Carneiro, tem um processo encaminhado individualmente contra José Mourinho, técnico da equipe inglesa, além da ação que move contra o clube pela demissão. Dessa forma, o treinador português terá de comparecer pessoalmente a um tribunal do trabalho, a menos que o caso seja arquivado pela Corte.

A controvérsia entre Mourinho e Carneiro vem do dia 8 de agosto, no jogo de abertura da temporada, quando o comandante dos Blues criticou a médica e o fisioterapeuta Jon Fearn por entrarem em campo para atender Hazard, após serem chamados pelo árbitro Michael Oliver. Com a retirada do meia belga do gramado, o Chelsea ficou temporariamente com nove jogadores. Após a ação, Mourinho chamou Carneiro e Fearn de impulsivos e ingênuos.

Desde então, a médica não apareceu mais no banco de reservas do Chelsea nas partidas do time principal, já que foi “rebaixada”, limitando-se a atuar nos jogos da equipe de base dos Blues. Enquanto isso, trabalhou nos bastidores preparando as denúncias contra o clube inglês e contra José Mourinho, a quem acusa de se referir a ela com linguagem discriminatória.

O chefe do departamento médico da Fifa, Jiri Dvorak, chegou a se pronunciar sobre o caso e condenou o tratamento dado à médica pelo Chelsea, alegando que Carneiro e Fearn não tinham escolha a não ser responder à instrução do árbitro de entrar em campo para atender o jogador que estava sentindo uma lesão.

Deixe seu comentário