Ricardo Oliveira garante reação do Santos: “Não vamos nos abalar”

Santos , SP
21/02/2017 15:26:47 — 21/02/2017 15:30:07

Em: Campeonato Paulista, Futebol, Notícias, Santos
Ricardo Oliveira não entrará em campo contra no Ituano, mas crê na recuperação do Peixe (Foto: Ivan Storti/ Santos FC)
Ricardo Oliveira não entrará em campo contra no Ituano, mas crê na recuperação do Peixe (Foto: Ivan Storti/ Santos FC)

Após duas derrotas seguidas dentro da Vila Belmiro para São Paulo e Ferroviária, respectivamente, o Santos precisa dar uma resposta aos seus torcedores. Animados com a chegada de reforços, permanência dos principais jogadores e também com a disputa da Copa Libertadores da América, os santistas estão receosos com as últimas atuações da equipe comandada por Dorival Júnior. Porém, se depender do atacante Ricardo Oliveira, esse período de incertezas vai passar o mais rápido possível.

Poupado pela comissão técnica, o centroavante não irá entrar em campo nesta terça-feira, contra o Ituano, às 21h30 (de Brasília), no estádio Novelli Júnior, em Itu. Mesmo assim, o camisa 9 garante que o alvinegro sairá dessa situação difícil na temporada.

“Vamos olhar para frente, pois o que passou não volta. Não temos como reconstruir, mas podemos fazer coisas novas. O nosso time sempre foi assim, e nas horas das dificuldades nossa equipe sempre cresceu. Pode lançar desafio para nós, que a gente vai com tudo. Agora é procurar não cometer os erros, o que é normal no início de temporada. Precisamos caminhar traçando nossos objetivos, e neste objetivo a nossa torcida é fundamental. Nós não vamos nos abalar”, ressaltou Oliveira.

Atual bicampeão paulista, o não tinha um início tão ruim no torneio estadual desde 2012. Após os reveses para São Paulo e Ferroviária, os torcedores protestaram na porta do vestiário da Vila Belmiro. Mesmo assim, o centroavante acredita que a relação entre jogadores e torcida não será abalada.

“Se um jogo, uma derrota, nos abalar a tal ponto de romper a nossa relação torcida-jogador… Não é possível. Esse time está jogando há dois anos junto, com jogadores novos chegando, que sempre viram o Santos como um time que chega, disputa títulos. Os novos jogadores não merecem isso. Não podemos nos abalar diante de uma derrota. Estamos trabalhando e dando o nosso melhor. Vamos sempre dar o nosso melhor”, completou o camisa 9.

Mesmo fora do embate desta terça-feira, Oliveira deve entrar em campo novamente no próximo sábado, às 17h (de Brasília), contra o Botafogo-SP, na Vila Belmiro, em duelo válido pela sexta rodada do Paulistão.