Pottker e Aranha ressaltam orgulho da Ponte, apesar de novo vice

São Paulo, SP

07-05-2017 18:57:44

O que parecia impossível realmente se confirmou em algo além das forças da Ponte Preta. Depois de levar 3 a 0 em casa, no Moisés Lucarelli, a Macaca não conseguiu reverter o placar em Itaquera e, com um empate por 1 a 1, acabou ficando com o vice-campeonato Paulista e tendo de assistir a festa do Corinthians. Mesmo assim, depois do apito final, os líderes do grupo campineiro fizeram questão de enaltecer a campanha da equipe na competição.

“O trabalho foi muito bem feito, ninguém pode negar. Um campeonato concorrido como esse, a Ponte chegar na final, acho que mostra que o time está no caminho certo, fez um excelente campeonato. Chegamos à final e acabou vencendo quem realmente jogou melhor”, avaliou o goleiro Aranha, que também foi vice com a Ponte Preta na final de 2008, vencida pelo Palmeiras.

“Querendo ou não nós somos vitoriosos, diz o nosso hino da Ponte Preta. É difícil, muita desigualdade pelo menor investimento. É complicado trabalhar em time de menor expressão”, admitiu o centroavante William Pottker, sem deixar de esquecer o fato da equipe ter eliminado Santos e Palmeiras, nas quartas e semifinais, respectivamente.
“Perdemos o campeonato lá (em Campinas) e nos impomos aqui no estádio deles, mas futebol é isso aí, não pode dar vacilo. Fizemos um grande trabalho, eliminação o vice e o campeão Brasileiro. A gente tem que ter orgulho disso”, comentou.

Agora, o camisa 9 tem 48 horas para se apresentar ao Internacional, em Porto Alegre, seu novo clube. Com apenas 23 anos e uma carreira promissora pela frente, Pottker lamentou bastante o fato de deixar a Ponte como artilheiro, mas sem título, no entanto, já passou a mirar seu próximo rumo.

“Meu futuro agora é traçar objetivos, vou representar uma grande equipe, então, tenho de estar ainda mais focado e continuar com essa mentalidade vencedora, que eu vou chegar onde eu quero chegar”, encerrou.


Deixe seu comentário