Gazeta Esportiva

Novo tribunal antidopagem é apresentado com nove integrantes

São Paulo, SP

14/12/16 | 13:19

Na manhã desta quarta-feira, foram apresentados os nove integrantes do novo Tribunal de Justiça Desportiva Antidopagem. A cerimônia no Ministério do Esporte contou com a participação do ministro Leonardo Picciani.

“A evolução do controle de dopagem é um legado dos Jogos Olímpicos Rio 2016. Iniciamos uma página fundamental para o esporte brasileiro”, afirmou Picciani no evento. Todos os membros foram escolhidos pelas confederações, atletas e pelo Ministério do Esporte em si.

Integrantes do tribunal anti-doping foram apresentados nesta quarta-feira no Ministério do Esporte (Foto: Divulgação/Ministério do Esporte)

O tribunal irá contar com médicos do esporte, advogados e atletas. Os nove integrantes serão Eduardo de Rose, Tatiana Nunes, Humberto de Moura, Luciano Hostins, Guilherme da Silva, Gustavo Delbin , Fernando Bini, Luísa Parente, ex-ginasta, e Marcel de Souza, craque brasileiro do basquete.

“Estou contente com a configuração do tribunal, particularmente com a presença da Luísa e do Marcel, ex-atletas”, afirmou Rogério Sampaio durante a apresentação. Quem também exaltou a diversidade do corpo do tribunal foi Eduardo de Rose, especialista em doping.

A questão do doping nas vésperas dos Jogos do Rio foi muito problemática, com a delegação russa sofreu um severo baque. Nesta quarta, inclusive, o Mundial de Bobsleigh e Skeleton - esportes com trenó - foi retirada de Sochi, na Rússia, pelos escândalos deflagrados no esporte do país. Vitaly Mutko, Vice-primeiro ministro, afirmou que o esporte soviético recuperará sua reputação e afirmou que a Copa do Mundo de futebol de 2018 não está ameaçada.

Deixe seu comentário