Futebol

Gabriel comenta saída de Carille e chegada de Tiago Nunes no Corinthians

São Paulo , SP
09/11/2019 08:00:54

Em: Brasileiro Série A, Futebol, Notícias

Desde a saída do técnico Fábio Carille, os atletas do Corinthians têm se manifestado sobre a mudança no estilo de jogo da equipe. Em entrevista coletiva concedida na sexta-feira, o volante Gabriel comentou sobre a alteração no comando técnico do Timão, falando desde Dyego Coelho até Tiago Nunes.

Perguntado sobre a saída do técnico Fábio Carille, Gabriel agradeceu o ex-treinador e ressaltou o apoio a Dyego Coelho, que assumiu interinamente a equipe: “A saída do Carille foi natural, acontece no futebol brasileiro, é normal, agradecer o Carille por tudo o que fez aqui dentro, conquistou títulos importantes, mas chegou o momento da mudança, respeitamos isso, abraçamos o Coelho, ele nos abraçou, resgatou o instinto que o corintiano tem que ter em campo”.

O volante também falou sobre o estilo de jogo do Corinthians:”São jogadores diferentes de 2018, 2017, 2012…As características dos jogadores desse ano são para um jogo assim. Se for para perder, perde de cabeça erguida, tentando ganhar, a gente também prefere, mas ninguém gosta de perder”.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

“Se for jogar feio para vencer, não vejo problema. Temos que viver o jogo, ver o que cada jogo proporciona, tem jogadores experientes aqui, nossa equipe é madura para sentir isso nos jogos, buscar a vitória, se tiver que defender. Acredito que o grupo inteiro concorda”, completou Gabriel.

A mudança no modo de trabalhar entre Carille e Coelho também foi abordada pelo volante, que destacou a intensidade pregada pelo interino: “Mudou sim, é o estilo do Coelho, de pegada, de motivar, de se tiver que xingar ele vai xingar, mesmo filmando, não importa. Esse tem que ser o espírito, até para mudar a chave que vinha tendo, das vitórias não acontecendo”.

Ao avaliar o comando técnico do Corinthians, Gabriel falou sobre a chegada de Tiago Nunes: “O trabalho dele era muito bem feito no Athletico, um time que quando enfrentamos foi difícil jogar contra, propõe jogo, marca forte, mas tem saída de bola interessante, volume de jogo grande”.

“Tenho certeza que ele vai fazer um grande trabalho aqui, o Corinthians vai fazer um grande trabalho para entendê-lo. Os jogadores aqui querem aprender e estar juntos dele. Foi uma decisão boa da diretoria, espero que dê resultado, futebol é resultado, e vamos fazer de tudo para que isso aconteça”, concluiu Gabriel.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com