Após vizinho descartar Arena do Santos, Modesto rompe parceria

São Paulo, SP

08-12-2016 20:00:10

O Santos não gostou nada de ver seu sonho atrapalhado pela Portuguesa Santista. Após os conselheiros da Briosa descartarem por unanimidade o projeto da Arena do Peixe e optarem pela construção de seu estádio próprio com outra empresa, na última terça-feira, o presidente Modesto Roma Júnior rompeu a parceria com o clube vizinho do litoral.

O acordo entre as duas equipes foi firmado no fim de 2015. Na ocasião, o Santos acabou emprestando 14 atletas para a Briosa, que disputaria o Campeonato Paulista da Segunda Divisão. No começo de outubro, a equipe lusitana conquistou o torneio e irá disputar a Série A3 na próxima temporada.

Para 2017, os clubes planejavam repetir a parceria. Porém, após ouvir a negativa com relação a construção do estádio, o mandatário do Santos se irritou com o time vizinho e rompeu o acordo, sendo assim, os atletas que iriam para a Portuguesa no próximo ano agora vão permanecer na equipe B do alvinegro.

Na oferta feita pelos dirigentes santistas, o Peixe, em troca da construção de, ficaria com parte dos 14.500 mil m² do estádio Ulrico Mursa e ainda compraria outro espaço ocupado pela Portuguesa, que hoje pertencente à Secretaria de Patrimônio da União. Porém, a cúpula do time lusitano quis aceitar a oferta do Grupo Mendes.

A proposta feita por Armênio Mendes, um dos principais empresários da Cidade, não terá nenhum custo para a Portuguesa Santista e não vai depender de uma parceria com o vizinho alvinegro. O time lusitano agora deverá ganhar uma nova sede social, com estádio para 12 mil pessoas, revitalização da sua fachada, entre outros serviços. E em troca, os investidores do grupo irão construir um shopping no terreno.

Segundo Modesto, o projeto do Santos ainda está de pé, mesmo sem a participação da Briosa. Porém, os santistas acreditam que ele dificilmente sairá do papel, por conta da proximidade que as duas arenas teriam, atrapalhando o trânsito e a movimentação de torcedores no local.

Deixe seu comentário