Vasco paga salários com dinheiro da venda de Marrony

Gazeta Press - Rio de Janeiro,RJ

20/06/20 | 13:59

Com sérios problemas financeiros, o Vasco aceitou a proposta do Atlético-MG e negociou o atacante Marrony. Com os cerca de 18 milhões recebidos, a diretoria cruzmaltina pagou parte dos salários de funcionários e jogadores.

O elenco do Vasco recebeu os salários de fevereiro de forma integral. Mesmo assim, o clube ainda deve os vencimentos de março, abril e maio. Além disso, parte dos atletas também estão com direitos de imagem atrasados desde setembro de 2019.

Marrony foi vendido ao Galo por quase 20 milhões (Foto: Rafael Ribeiro/ Vasco)

Em relação aos funcionários, os vascaínos pagaram três meses de salários. Foram pagos os vencimentos de janeiro, fevereiro, março. No entanto, o clube ainda deve os meses de abril e maio.

A diretoria cruzmaltina segue em busca de recursos para diminuir a dívida de salários. O clube foi um dos que foram à favor do retorno do Campeonato Carioca. Um dos motivos é o recebimento da última parcela de pagamento da cota de TV, que pode aliviar a situação vascaína.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

Dentro de campo, o Vasco volta a campo neste domingo, quando enfrenta o Macaé, em São Januário. Será a estreia do técnico Ramon Menezes no comando da equipe cruzmaltina.

Deixe seu comentário