Futebol

Antônio Lopes reforça ideia de apostar na base para reerguer o Vasco

Gazeta Press - Rio de Janeiro , RJ
08/04/2020 15:19:58

Em: Futebol, Gazeta Press, Notícias, Vasco

Novo coordenador técnico do Vasco da Gama, Antônio Lopes reforçou ideia de apostar na base para reerguer o clube. Velho conhecido da torcida, o Delegado é o técnico com o maior número de conquistas na história do Cruz-Maltino. Campeão Brasileiro e da Libertadores na década de 90, ele retorna ao clube aos 78 anos.

Lopes dará suporte ao agora efetivado Ramon Menezes. Os dois trabalharam juntos na fase mais vencedora do clube quando Ramon era jogador e Lopes treinador. Em entrevista à Vasco TV na noite desta terça-feira, ele deixou claro o caminho que a comissão técnica vai seguir.

“Voltamos com bastante vontade de trabalhar. Para que o Vasco tenha um grande futuro, de grandes conquistas”, disse Lopes antes de elogiar a atual administração.

“O Vasco está sendo muito bem dirigido pelo Campello como presidente, o Zé Luiz agora como Vice de Futebol. E agora colocamos o Ramon, que conhece o Vasco. Já está há um tempo trabalhando com os garotos da base. Sabe quem pode vingar no profissional. Já conhece bem o elenco profissional também”, explicou.

Antônio Lopes foi apresentado oficialmente como o novo coordenador técnico do Vasco (Foto: Reprodução/Vasco da Gama)

Esta não é a primeira vez que Lopes inicia um trabalho no Vasco em uma fase negativa do clube. Foi assim em 1996 e em outras oportunidades. Em todas elas, seu trabalho foi marcado pelo aproveitamento da base e o lançamento de novos jogadores. Foi assim com Romário, Geovani, Mazinho, Felipe, Pedrinho e Philippe Coutinho, entre outros.

“O Vasco faz um bom trabalho na base, haja visto que vários jogadores subiram. O Vasco da Gama tem que continuar aproveitando jogadores da base. Sempre fui adepto do aproveitamento dos garotos da base para fazer uma mesclagem”, afirmou.

“Sempre fiz isso. No Vasco da Gama mesmo fiz grandes times aproveitando garotada da base.  Formamos seis grandes times mesclando jogadores da base com experientes”, completou Lopes.

Lopes acredita que Ramon Menezes foi uma ótima escolha da diretoria. Para ele, com o conhecimento do plantel e da base, o novo treinador saberá conduzir o processo.

“O Vasco tem vários jogadores experientes que podem comandar bem os garotos que vão entrar no time. Ramon conhece bem a garotada e o atual elenco. Vai fazer essa mescla da garotada que está despontando com os mais experientes”, relatou.

Sem recursos para grandes contratações, a opção pela base é o caminho mais lógico para o Vasco.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

Vontade de iniciar o trabalho

Por conta da pandemia do coronavírus, o Vasco suspendeu as atividades do futebol e concedeu férias coletivas aos atletas. A reapresentação e o início dos trabalhos não começarão antes do dia 21 de abril.

“Acho que a gente está um pouquinho tolhido de iniciar um trabalho eficiente em razão do problema do vírus, mas mesmo assim estamos nos reunindo por vídeo e às vezes por telefone. Temos conversado muito com o Ramon, com o Zé Luiz, que é o nosso vice-presidente de futebol. Temos conversado com o Júnior Lopes, com o próprio presidente Alexandre. Não podemos ainda ir a São Januário para arregaçar as mangas. Esse início de trabalho acaba sendo muito difícil pelo problema do coronavírus”, lamentou Lopes.

Além de Ramon, o Vasco terá outro ídolo dos anos 90 na comissão técnica, o ex-goleiro Carlos Germano. Ele vai assumir a preparação de goleiros. Outro que chega ao clube é o preparador físico Léo Cupertino, que estava no CRB-AL.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

Ads – Rodapé Posts