Tottenham libera Son para que viaje à Coreia do Sul

AFP - São Paulo,SP

29-03-2020 14:00:56

O atacante sul-coreano do Tottenham, Son Heung-min, machucado desde meados de fevereiro, recebeu o aval de seu clube neste domingo para voltar ao seu país por "questões pessoais".

Son, de 27 anos, retornará a Seul e deverá passar pelo período de quarentena de 14 dias estabelecido pelas autoridades do país para quem chegar.

O jogador do Spurs já ficou em quarentena por 14 dias no final de fevereiro, quando voltou da Coreia do Sul, onde foi submetido a uma cirurgia em um braço fraturado durante uma partida do campeonato inglês contra o Aston Villa.

Son, autor de 16 gols, contando todas as competições que vinha disputando, não voltará a jogar nesta temporada.

A partir de segunda-feira, ele participará de sessões remotas de treinamento, disse o Tottenham.

Da mesma forma, o clube de Londres anunciou que o holandês Steven Bergwijn, também lesionado, foi liberado para retornar ao seu país para acompanhar o nascimento de seu primeiro filho.

As entidades que comandam o futebol inglês decidiram na quinta-feira prorrogar a suspensão do campeonato até 30 de abril devido à pandemia de coronavírus.

Deixe seu comentário