Zagueiro do São Paulo admite tristeza por jogar eliminado e por levar mais um gol do Binacional

São Paulo, SP

21-10-2020 06:00:58

O Binacional só venceu uma partida nesta primeira fase da Copa Libertadores da América e foi justamente em cima do São Paulo. Os peruanos terminaram com um saldo de -22 gols depois de seis compromissos. Os três gos marcados, porém, também foram em cima do São Paulo.

O zagueiro Bruno Alves admitiu chateação por tudo que isso que o Tricolor precisou passar e reviver na noite desta terça, apesar da goleada por 5 a 1 imposta no Morumbi.

“Ao todo, não só pelo gol tomado, pela eliminação também, sentimento é de tristeza geral, de jogar uma partida dessa sem chance nenhuma de classificação. Mas, tínhamos de entrar e dar o melhor”.

“Era nossa obrigação hoje, vencer a partida, buscar uma vaga à Sul-Americana, claro que é um dia triste, acredito que foi difícil para o torcedor assistir o São Paulo eliminado, assim como para os jogadores, mas a gente tinha de entrar e vencer. Agora é pensar no próximo jogo”.

De volta ao time titular, o zagueiro também evitou polemizar sobre seu período na reserva.

“O elenco do São Paulo é qualificado, temos 30 jogadores que podem ser titulares, professor sempre conversa com a gente de que põe quem está melhor no momento, não pode existir vaidade, quem saiu, voltou, mais para frente vai ter mais oportunidades, importante é todos estarem em prol do São Paulo e não do ego”.

Agora, o São Paulo se prepara para encarar o Fortaleza, no Morumbi, pelas oitavas de final da Copa do Brasil. No primeiro encontro, empate por 3 a 3. Domingo, um novo empate levaria a definição da vaga aos pênaltis.

“A gente confia no nosso trabalho, temos alguns dias agora para a decisão na Copa do Brasil, a gente sabe da necessidade da vitória, de fazer um grande jogo e vamos lutar até o fim para conquistar a classificação”.


Deixe seu comentário


×
Quer receber notícias do São Paulo?