São Paulo

Notícias Vídeos

Tribunal da Justiça dá 15 dias para São Paulo quitar dívida referente à venda de Ganso

24/11 12:14

Lutando para se livras das dívidas e se fortalecer em 2023, o São Paulo terá que encarar mais um problema econômico. O Tribunal de Justiça de São Paulo determinou que o clube pague R$ 3,9 milhões para a DIS Esportes. A informação foi incialmente divulgada pelo UOL.

A quantia é referente a venda dos direitos econômicos de Paulo Henrique Ganso ao Sevilla, da Espanha, em 2016. A dívida original é de 500 mil euros (R$ 2,7 milhões), mas cresceu devido aos juros e correções monetárias.

O São Paulo tem a contratação do atacante Pedrinho, do Lokomotiv-RUS, encaminhada (Foto: Divulgação/Mourão Panda)
Wellington Rato quer jogar no São Paulo, mas concorrência dificulta negócio - Foto: Divulgação
Igor Gomes: Inter ofereceu atacante David para contar com meia agora, mas São Paulo não aceitou (Foto: Rubens Chiri/saopaulofc)
O São Paulo monitora a situação do ex-zagueiro do Palmeiras Alan Empereur, atualmente no Cuiabá (Foto: AssCom Dourado)
West Ham oferece porcentagem, mas se recusa a pagar São Paulo por Luizão, que já tem data para deixar o Tricolor - Foto: Rubens Chiri/spfc
São Paulo anunciou a renovação com lateral Rafinha até o fim de 2023 (Foto: Miguel Schincariol/saopaulofc.net)
O atacante Nahuel Bustos, que estava emprestado ao São Paulo até junho de 2023, anunciou a rescisão de seu contrato com o Tricolor. (Foto: Miguel Schincariol / saopaulofc.net)
São Paulo aposta em “moedas de troca” para concorrer com clubes mais ricos nesta janela - Foto: Divulgação/São Paulo
Pato se declara ao São Paulo e deixa futuro em aberto: “A gente não sabe o que vai acontecer” - Foto: AFP
Botafogo pode antecipar a compra em definitivo de Luscas Fernandes por R$ 22 milhões; São Paulo receberia parte do dinheiro - Foto: Divulgação/Vitor Silva
John é desejo antigo do São Paulo, que tenta novamente a sua contratação nesta janela e está disposto a oferecer jogadores ao Santos como "moeda de troca" (Foto: Ivan Storti/Santos FC)
Em contato com a Gazeta Esportiva, o diretor de futebol do Atlético-MG, Rodrigo Caetano, negou a possibilidade de Jair se transferir para o São Paulo (Foto: Pedro Souza/Atlético-MG)
Stiven Mendoza também vem tendo seu nome ventilado no São Paulo. O atacante se destaca por sua velocidade pelos lados do campo, figurando como o jogador que Rogério Ceni vem pedindo à diretoria desde que chegou ao clube. (Foto: Ceará SC/Divulgação)
Nas redes sociais, volante Thiago Mendes sugere seu retorno ao São Paulo - Foto: Divulgação/São Paulo
Marcos Guilherme: o atacante tem contrato com o São Paulo somente até o fim da atual temporada e já foi comunicado que não permanecerá no clube para 2023. (Foto: Rubens Chiri/saopaulofc)
Andrés Colorado: o colombiano, que defendeu o São Paulo por empréstimo neste ano, é outro jogador em fim de contrato que não seguirá no clube. (Foto: Rubens Chiri/saopaulofc)
Eder: o experiente atacante também não continuará no São Paulo, já que seu contrato não foi renovado. (Foto: Rubens Chiri/saopaulofc)
Reinaldo: o lateral-esquerdo se despediu do São Paulo nesta semana após dez anos no clube. A diretoria até tentou renovar seu contrato, mas Reinaldo faz questão ter assinar um novo vínculo válido por duas temporadas, e o Tricolor ofereceu um contrato de apenas um ano. (Foto: Rubens Chiri/saopaulofc)
Miranda: a despedida do zagueiro são-paulino gerou grande comoção no CT da Barra Funda. O ídolo tricolor não renovou contrato com o clube e ainda avalia se seguirá jogando ou se aposentará. (Foto: Rubens Chiri/saopaulofc)
Léo: o zagueiro, titular absoluto com o técnico Rogério Ceni em 2022, pode se transferir para o futebol francês, caso receba uma nova proposta do Angers, que o procurou na última janela de transferências. (Foto: Rubens Chiri/saopaulofc)
Gabriel Neves: o uruguaio renovou contrato com o São Paulo por mais três anos. O clube exerceu a opção de compra de 1,7 milhão de dólares (R$ 9 milhões) para seguir contando com Gabriel Neves. (Foto: Rubens Chiri/saopaulofc.net)
Rafinha: o experiente lateral-direito terá de aceitar uma redução salarial para seguir no São Paulo. A avaliação da comissão técnica é que Rafinha ainda pode ser útil para a equipe, desde que se adeque à realidade financeira do Tricolor. (Foto: Rubens Chiri/saopaulofc)
Patrick: apesar da rixa com o técnico Rogério Ceni, Patrick está nos planos do São Paulo para 2023 e não será negociado. (Foto: Rubens Chiri/saopaulofc)
Nikão: principal contratação do São Paulo para 2022, o meia não correspondeu às expectativas, sendo atrapalhado por diversos problemas físicos ao longo do ano. Caso haja uma proposta interessante, o camisa 10 tricolor pode ser negociado. Ser usado como “moeda de troca” no mercado também é uma possibilidade. (Foto: Rubens Chiri/saopaulofc)

A juíza Mônica Lima Pereira deu apenas 15 dias para a diretoria do Tricolor do Morumbi quitar o montante e determinou que o clube pague honorários advocatícios de 5% do valor atribuído à causa.

Ganso foi comprado pelo Sevilla por 9,5 milhões de euros (R$ 34,4 milhões, na cotação da época), sendo que 4,5 milhões ficaram com o São Paulo. O acordo foi fechado em três parcelas: uma de 2,5 milhões de euros em agosto de 2016, outra de 1,5 milhão em agosto de 2017 e a última de 500 mil em janeiro de 2018.

A empresa especializada no gerenciamento da carreira de atletas de futebol alega que o São Paulo não honrou a última parcela e, por isso, decidiu entrar com a ação na Justiça.

Paulo Henrique Ganso chegou ao São Paulo em 2012, após deixar o Santos. A transferência durou mais de um mês e contou com reviravoltas e brigas. O Tricolor desembolsou R$ 16,4 milhões para tirar o meia do Peixe e ficar com 32% de seus direitos econômicos. O restante ficou justamente com a DIS Esportes.

Ao todo, o jogador de 33 anos disputou 221 partidas pelo São Paulo. Nesse período, marcou 24 gols e deu 49 assistências. Atualmente, ele defende as cores do Fluminense.