Tchê Tchê minimiza altitude e quer São Paulo mantendo 'padrão Diniz' na estreia da Libertadores

São Paulo, SP

03-03-2020 18:00:08

O São Paulo não terá vida fácil na estreia da Libertadores, diante do Binacional, do Peru, fora de casa, na próxima quinta-feira, às 21h. A altitude será um agravante. A cidade da partida, Juliaca, está a 3,8 mil metros acima do nível do mar.

Apesar de toda preocupação tricolor com os efeitos da altitude, o volante Tchê Tchê cobrou que a equipe não dê "desculpas" e mantenha o padrão para sair com a vitória.


"Claro que vai ser algo diferente. Tive oportunidade de jogar na altitude de Cochabamba, mas foi diferente. Dei uma pesquisada, é uma das cidades mais altas que tem. Vamos ver o que vai acontecer lá. Mas temos duas alternativas: dar desculpas ou ser melhor que a altitude. Vamos com esse pensamento. Sabemos que vai ser um jogo difícil, ter cautela nas ações dentro do campo, mas vamos manter nosso padrão para conquistar um grande resultado lá", disse.

Toda programação do Tricolor foi pensada para evitar problemas com a altura. Na próxima quarta-feira, o elenco de Fernando Diniz treina no CCT da Barra Funda na parte da manhã e depois embarca para Santa Cruz de La Sierra, na Bolívia, onde ficará até quinta-feira, dia do jogo, na hora do almoço, enfim indo para Juliaca.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

Para Tchê Tchê o desafio não será fácil, mas salientou a dificuldade corriqueira de todos os jogos.

"Sabemos que vai ser um jogo difícil, igual todos são. Vamos enfrentar isso"

Deixe seu comentário