Setor térreo do Morumbi é liberado após nova vistoria da Polícia Militar

São Paulo, SP

16-06-2016 14:32:58

Polícia liberou área de acidente, que estará disponível para o jogo contra o Sport, no dia 23

Setor em que guarda-corpos caíram foi liberado pela Polícia Militar (Foto: Djalma Vassão/Gazeta Press)
Setor em que guarda-corpos caíram foi liberado pela Polícia Militar (Foto: Djalma Vassão/Gazeta Press)

O São Paulo divulgou nesta quinta-feira que o setor inferior azul do Morumbi está liberado e voltará a receber torcedores após o acidente ocorrido no primeiro jogo contra o Atlético-MG, pelas quartas de final da Copa Libertadores da América, no dia 11 de maio, quando as grades do local cederam e 16 pessoas caíram no fosso do estádio durante a comemoração do gol da vitória feito por Michel Bastos.

A liberação foi concedida após vistoria do 2º Batalhão de Choque da Polícia Militar, na última terça-feira. Sendo assim, os tricolores poderão ocupar o pavimento térreo do Morumbi já na partida contra o Sport, no próximo dia 23, em duelo válido pela décima rodada do Campeonato Brasileiro. O clube também tem a certeza de contar com seu estádio lotado para o primeiro confronto com o Atlético Nacional-COL, pelas semifinais da Libertadores, no dia 6 de julho.

Além da inspeção da polícia, o São Paulo também contou com os serviços da Falcão Bauer, empresa que presta consultoria na área de engenharia, e do escritório Petronilho & Associados, também referência no ramo. Os estudos foram realizados com o intuito de garantir que o Morumbi ofereça todas as condições de segurança para seus torcedores.

O setor do acidente teve a estrutura reforçada com hastes adicionais, medida que será estendida a todo o pavimento térreo. O clube arcou com todas as despesas médicas dos feridos naquela ocasião.

"Desde o episódio da partida contra o Atlético-MG, a diretoria não mediu esforços primeiramente na assistência às vítimas e posteriormente para reparar a área afetada e garantir a segurança irrestrita aos nossos torcedores e a todos os usuários", explicou o diretor de estádio, Rafael Palma.

Para o primeiro duelo com os colombianos na Libertadores, o São Paulo realocou a grande maioria dos ingressos institucionais para o pavimento térreo a fim de otimizar o período de vendas e disponibilizar a maior quantidade possível de bilhetes aos sócios torcedores. Por isso, o pequeno lote restante de entradas para as cadeiras térreas será vendido apenas a associados do clube social, a partir do dia 21 de junho.

Deixe seu comentário


×
Quer receber notícias do São Paulo?