Ausência de Calleri expõe deficiências do São Paulo e faz produção ofensiva despencar - Gazeta Esportiva
Ausência de Calleri expõe deficiências do São Paulo e faz produção ofensiva despencar

Ausência de Calleri expõe deficiências do São Paulo e faz produção ofensiva despencar

Gazeta Esportiva

Por Redação

28/11/2023 às 07:00

São Paulo, SP

O São Paulo vive um período complicado no que diz respeito ao ataque. Desde que Calleri operou o tornozelo e tornou-se ausência, o Tricolor viu sua produção ofensiva despencar e enfrenta dificuldades de encontrar um substituto.

A última partida do camisa 9 pela equipe foi na vitória por 2 a 1 sobre o Corinthians, quando marcou dois gols. De lá para cá, Dorival testou diversas opções, como David, Erison, Juan e até mesmo os improvisados Luciano e James Rodríguez. O argentino continua em tratamento e só voltará no ano que vem.

Sem o jogador, o São Paulo marcou apenas seis gols em dez jogos. Com o empate por 0 a 0 com o Cuiabá, no último domingo, no Morumbi, a equipe chegou à terceira partida consecutiva sem marcar.

O técnico Dorival Júnior admitiu certo incômodo com o baixo desempenho ofensivo do Tricolor. Por outro lado, ele preferiu poupar os atacantes de críticas e vê o cansaço da reta final da temporada como um obstáculo.

"Prefiro acreditar que essa fase (de poucos gols) seja momentânea. O Erison e o David estão voltando de lesões demoradas e queiram ou não, leva um tempo para readaptação completa. As pessoas às vezes não tem noção do que é você retornar de uma lesão séria em razão do tempo parado e conseguir desenvolver na plenitude. Estamos em final de temporada, as equipes todas estão jogando com muita intensidade, brigando por pontos, um perde e ganha constante. Tem nos incomodado um pouco, mas não podemos jogar a culpa disso na figura de um atacante. Criação vinha acontecendo, à exceção dessas duas partidas. Acredito muito que o volume de jogo que sempre tivemos vai fazer com que daqui a pouco encontremos um caminho", avaliou o treinador.



Uma das prioridades do São Paulo para 2024 é a contratação de um novo centroavante para fazer sombra a Calleri. A diretoria do clube entende que as opções à disposição de Dorival, Juan, Erison e David, não têm correspondido à altura. Destes, os dois últimos têm contrato somente até o fim do ano.

Apesar da preocupação, o Tricolor ainda não negocia com nenhum nome para a posição. A prioridade de momento é somar pontos no Campeonato Brasileiro e se livrar de vez do risco de rebaixamento.

Com 47 pontos, a equipe segue no décimo lugar da tabela, a seis pontos do Z4, e ainda tem chances matemáticas de cair à Série B. O próximo jogo é contra o Bahia, em Salvador, às 20h (de Brasília) desta quarta-feira, pela 36ª rodada da competição.

Conteúdo Patrocinado