São Paulo tem duas expulsões nos três primeiros jogos na Libertadores

São Paulo, SP

07-05-2021 08:00:25

O início do São Paulo na atual edição da Libertadores foi marcado pelo vigor dos atletas nas disputas de bola. Mas, às vezes, toda essa energia pode ser canalizada de forma diferente e acarretar em punições mais severas da arbitragem, como cartões vermelhos, o que é o caso do Tricolor.

Logo na estreia, contra o Sporting Cristal, do Peru, fora de casa, o São Paulo não teve dificuldades para se impor diante do adversário e, embora o resultado tenha sido construído sem grandes problemas, Léo acabou sendo expulso ao receber seu segundo cartão amarelo no jogo.


Contra o Rentistas, no Morumbi, o espírito da equipe foi mais moderado. Buscando o ataque durante toda a partida, o São Paulo sofreu para furar a defesa dos uruguaios, mas, no fim, conseguiu a segunda vitória na competição.

Mas, na última quarta-feira, novamente fora de casa, contra o Racing, na Argentina, a competitividade exacerbada prejudicou William. O volante, que pode atuar apenas na Libertadores por não ter sido inscrito no Paulistão devido à falta de vagas disponíveis na lista do São Paulo, entrou com força excessiva em uma disputa de bola e, ainda que não tenha atingido o rival, pelo suposto risco envolvido no lance o árbitro não hesitou e sacou o cartão vermelho do bolso.

Na próxima quarta-feira, o Tricolor disputará seu último jogo fora de casa na fase se grupos da Libertadores, contra o Rentistas, no Uruguai, com a missão de brecar esse ritmo alarmante de expulsões no torneio continental e garantir antecipadamente a classificação às oitavas de final. Para isso, basta uma vitória simples em Montevidéu.

Deixe seu comentário


×
Quer receber notícias do São Paulo?