São Paulo muda de esquema tático em momento decisivo da temporada

São Paulo, SP

23/09/22 | 07:00

A equipe do São Paulo apresentou uma mudança nos últimos cinco jogos da temporada: a equipe saiu de um esquema com três zagueiros e passou a atuar com linha de quatro na defesa.

Desde o empate em 1 a 1 com o Cuiabá, na Arena Pantanal, Ceni passou a adotar o esquema com quatro defensores. O sistema é semelhante ao adotado na campanha do vice-campeonato paulista desta temporada.

A formação com três zagueiros passou a ser realidade no São Paulo a partir da vitória por 2 a 0 contra o Juventude, pela volta da terceira fase da Copa do Brasil. Desde esse confronto, o técnico Rogério Ceni passou a usar o 3-5-2 com frequência, até para explorar a ofensividade de alas como Igor Vinicius e Reinaldo.

No "time ideal" do São Paulo no momento, Léo e Diego Costa formam a dupla de zaga titular, com Miranda e Nahuel Ferraresi no banco. Vale citar que Arboleda está desfalcado e deve voltar apenas nas últimas rodadas do Campeonato Brasileiro.


Igor Vinicius e Reinaldo fecham a linha defensiva, sustentada por Pablo Maia um pouco mais à frente. Alisson atua como meia pela direita, Patrick cai pelo setor esquerdo e Rodrigo Nestor tem liberdade para flutuar entre os setores.

Luciano e Calleri formam a dupla de ataque titular, com Eder e Nahuel Bustos como opções no banco de reservas. Igor Gomes, por vezes visto como imprescindível por Ceni, tem status de reserva no momento, enquanto Gabriel Neves se recupera de uma lesão ligamentar no joelho direito.

Nada indica que Ceni volte ao esquema com três zagueiros nesta reta decisiva de temporada. O São Paulo enfrentará o Independiente Del Valle no dia 1º de outubro, pela final da Copa Sul-Americana, em Córdoba.

O time de Rogério também busca eliminar qualquer chance de rebaixamento no Campeonato Brasileiro. A equipe enfrenta o Avaí no próximo domingo, às 20 horas (de Brasília), pela 28ª rodada do torneio nacional.

Deixe seu comentário