“São Paulo estará atento às oportunidades”, diz Casares sobre reformulação no elenco

São Paulo, SP

27-10-2021 19:09:35

O presidente do São Paulo, Julio Casares, não negou a reformulação do elenco que deve ser realizada para 2022. Por enquanto, o técnico Rogério Ceni e a diretoria seguem focados em garantir a vaga para a próxima Libertadores, mas conversas sobre carências do atual plantel já acontecem nos bastidores.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

‘Com a comissão técnica, planejamento e diretoria, devemos imaginar um elenco que possa mesclar com o elenco atual, com entradas e saídas, o que é normal. Nas 11 posições titulares o São Paulo estará atento às oportunidades de mercado”, disse Casares em entrevista à TV Gazeta.

Galeano, por exemplo, foi submetido a uma cirurgia após romper o ligamento do tornozelo direito e, como tem contrato apenas até o fim do ano, sua permanência no São Paulo é incerta. Para tê-lo em definitivo, o Tricolor terá de desembolsar 1 milhão de dólares (R$ 5,5 milhões).


Martín Benítez é outro jogador que está emprestado e pelo qual o São Paulo terá de abrir os cofres para mantê-lo no elenco. Além das três parcelas de 100 mil dólares já pagas ao Independiente para tê-lo por empréstimo, o Tricolor também precisará depositar 3 milhões de dólares (R$ 16,6 milhões) para contratar o meia de forma definitiva.

Vale lembrar que recentemente o clube ganhou mais uma grande despesa. Rogério Ceni acionou Pablo no clássico contra o Corinthians, fazendo com que o atacante chegasse a 36 jogos na temporada, meta estipulada em contrato para que o Tricolor fosse obrigado a pagar mais 300 mil euros (R$ 1,9 milhão) ao Athletico-PR, aumentasse o salário de Pablo em 10% e renovasse seu vínculo automaticamente até o fim de 2023.

“O São Paulo dá condições para a comissão técnica, mas a escalação de um time, as substituições, devem ser feitas pela comissão técnica. O profissionalismo tem que ser dessa forma. Então, o São Paulo não entra nessa seara, essa é uma questão técnica que deve ser exercida pelo técnico”, comentou Casares sobre Rogério Ceni ter optado pela – cara – entrada de Pablo contra o Corinthians.

Deixe seu comentário