São Paulo divulga balanço com superávit e R$ 132 mi em venda de atletas

São Paulo, SP

30/04/19 | 17:34 - 30/04/19 | 17:59

Números de 2017 são maiores que os de 2018, mas resultado é bom (Foto: Sergio Barzaghi/Gazeta Press)

O São Paulo divulgou nesta terça-feira seu balanço financeiro de 2018. O documento revela que o clube teve um superávit de R4 7,2 milhões na última temporada e arrecadou nada mais, nada menos que R$ 132,2 milhões em negociação de atletas.

Incluindo venda de jogadores, empréstimos e mecanismo de solidariedade, o São Paulo teve uma receita bruta de R$ 154,7 milhões em tratativas de atletas. Descontando a fatia direcionada a empresários e intermediários nas negociações, o Tricolor acabou contabilizando R$ 132,2 milhões em seus cofres.

Em 2017, porém, o clube teve uma receita de R$ 188,6 milhões com negociação de jogadores, incluindo as saídas de David Neres, Luiz Araújo, Thiago Mendes, entre outras. Descontando a parcela dos agentes e intermediários, o Tricolor abocanhou R$ 162,7 milhões.

O superávit geral também sofreu um decréscimo de 2017 para 2018. Enquanto na temporada passada o São Paulo acabou lucrando R$ 7,2 milhões, há dois anos o clube contabilizou R$ 15, 1 milhões.

Embora os valores de 2017 para 2018 tenham diminuído, o São Paulo passou a gastar menos neste período, fato que indica um equilíbrio nas contas tricolores. Em 2017 o clube somou r$ 468 milhões em receitas operacionais, contra R$ 410 milhões no ano passado. Porém, em 2017 as despesas operacionais chegaram a R$ 453 milhões, enquanto no ano passado elas não passaram de R$ 402,8 milhões.

Veja o balanço financeiro completo abaixo:

 

 

Deixe seu comentário