Futebol/Bastidores

São Paulo aguarda CBF para decidir se vai pedir a liberação de Antony

Lorenzo Meyer* - São Paulo , SP
24/05/2019 09:00:38

Em: Bastidores, Escolha do editor, Notícias, São Paulo
Antony pode desfalcar o São Paulo em quatro partidas (Foto: Djalma Vassão/Gazeta Press)

O São Paulo deve definir o pedido de liberação de Antony até a próxima segunda-feira. O clube aguarda os passos da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) quanto às situações de Renan Lodi, do Athletico, e Rodrygo, do Santos, para decidir se vai ou não solicitar a dispensa do jogador chamado pela Seleção Olímpica para o Torneio de Toulon, que acontecerá entre os dias 1 e 15 de junho, na França.

Caso a entidade máxima do futebol brasileiro libere o lateral do Furacão e o atacante do Peixe – os dois clubes já entraram com requerimento – , o Tricolor Paulista também pedirá a dispensa de Antony. Pelo contrário, o clube do Morumbi cederá o jogador ao técnico André Jardine, comandante da equipe sub-23.

Se realmente for representar o país no torneio, a cria de Cotia desfalcará o São Paulo em quatro jogos antes da paralisação para a Copa América: Cruzeiro, Avaí e Atlético-MG, pelo Campeonato Brasileiro, e Bahia, no duelo de volta das oitavas da Copa do Brasil.

Além de Antony, o clube paulista teve outros quatro nomes convocados na pré-lista: o lateral-direito Igor Vinícius, os zagueiros Rodrigo e Walce, e o meio-campista Igor Gomes. Os jogadores chamados tem até o dia 27 para se apresentar à Seleção visando a competição, a qual serve de preparação para as Olimpíadas de Tóquio 2020. A estreia do time de Jardine está programada para o dia 5, diante da Guatemala.

De qualquer modo, o São Paulo, projetando perder o atleta, fez um cronograma especial. O clube arquitetava poupá-lo contra o Bahia, no último domingo, mas voltou atrás e preferiu não usá-lo durante os 90 minutos no duelo da quarta-feira, quando ele saiu do banco de reservas na derrota para a equipe de Roger Machado, dessa vez pela Copa do Brasil.

Aos 19 anos, Antony se destacou no time sub-20 do Tricolor, campeão da Copa São Paulo de Futebol Júnior, em janeiro. De lá para cá, o jovem meia-atacante cavou seu lugar no grupo principal e tem sido titular desde então. Por conta do torneio das categorias de base, o jogador, curiosamente, tem mais partidas que o próprio clube na temporada.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

*Especial para a Gazeta Esportiva




×
Quer receber notícias do São Paulo?