Richarlyson minimiza julgamentos e diz que marcou seu nome na história do São Paulo

São Paulo, SP

15-07-2020 19:00:33

Apesar de ter conquistado alguns dos mais importantes títulos da história do São Paulo, Richarlyson conviveu com críticas e julgamentos da torcida durante os seis anos nos quais atuou pelo Tricolor. O volante minimiza a pressão que sofreu e prefere destacar que seu nome ficará marcado para sempre na história do clube.

"Às vezes, tentam manchar uma história tão bacana, de uma pessoa tão vitoriosa dentro do São Paulo, mas isso não vai acontecer jamais. Vão passar anos e anos, diretores, conselheiros e presidentes, mas a história vai estar lá. O São Paulo vai fazer 300 anos e o Richarlyson estará lá, campeão Mundial em 2005. Em 2006, 2007 e 2008 campeão brasileiro consecutivo. Isso ninguém pode apagar. Eles podem minimizar ou diminuir, mas apagar jamais", disse o jogador em live com Os Canalhas.


Em agosto de 2018, o São Paulo inaugurou uma calçada da fama no Morumbi, homenageando 99 dos mais importantes jogadores da história do clube. Richarlyson ficou de fora da lista, mas, ao comentar sobre a polêmica, garante não ter ficado incomodado.

"Primeiro a gente tem que saber qual foi o critério que essas pessoas usaram para colocar esses ídolos na calçada da fama. Se for por questão de títulos, realmente eu teria que estar lá. Se for por questão de importância para conselheiros e diretores, aí já não posso falar por mim", afirmou Richarlyson.

"De forma nenhuma eu fico chateado. As pessoas me perguntam, mas eu costumo dizer que minha reciprocidade com o torcedor são-paulino é estar recebendo carinho sempre", completou.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

Pelo São Paulo, Richarlyson disputou 244 partidas e marcou 12 gols. O volante foi peça importante na conquista do tricampeonato brasileiro, entre 2006 e 2008, além de ter participado do grupo campeão do Mundial de 2005.

Deixe seu comentário


×
Quer receber notícias do São Paulo?