Recebido com protesto, elenco tricolor dá razão à torcida: “Temos que entregar mais"

São Paulo, SP

27-08-2020 08:00:30

O São Paulo mais uma vez foi recebido com protesto na chegada ao Morumbi nesta quarta-feira, antes do duelo antecipado com o Athletico-PR, pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro. Por causa da má fase que atravessa desde a retomada das competições, o elenco tricolor vem tendo de lidar com a enorme pressão da torcida, mas, pelo menos por enquanto, não há qualquer tipo de rusga por parte dos jogadores e comissão técnica.

“A torcida tem toda minha entrega, meu trabalho. Tenho que entregar para a torcida a força do meu trabalho para as coisas darem certo. O mais importante é ganhar o jogo para podermos levantar taça, que é o que a torcida merece. O único que tem razão no São Paulo é o torcedor com a sua insatisfação. Temos que entregar mais no domingo [contra o Corinthians], depois mais e mais. A tentativa é sempre entregar, não podemos nos contentar com o que fizemos contra o Athletico-PR”, afirmou Fernando Diniz.


Nesta quarta-feira, faixas ordenando a demissão do treinador do São Paulo foram estendidas no portão principal do Morumbi. Os torcedores também exigiam as saídas do presidente Leco, do diretor executivo de futebol, Raí, do gerente de futebol, Alexandre Pássaro, e questionaram até mesmo o trabalho do superintendente de relações institucionais do clube, Diego Lugano.

“A derrota para o Mirassol tem que doer muito, o torcedor tem razão. Não tendo violência, está tudo certo. Tem que estar insatisfeito mesmo. A gente perdeu porque nos apresentamos de uma maneira que não deveríamos. Isso é digno de insatisfação. Temos que trabalhar, ganhar mais jogos e procurar ganhar títulos para o São Palo, para que o torcedor fique contente. O torcedor protesta é o mesmo que fez a maior festa para a gente contra a LDU. Quando a gente entrega, tem festa. Quando não entregamos, tem que cobrar mesmo”, completou o treinador do São Paulo.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

Pelo menos, aos poucos, os jogadores vêm se redimindo com a torcida. Com duas vitórias consecutivas no Campeonato Brasileiro, o São Paulo já figura na terceira colocação da tabela, com o mesmo número de pontos do vice-líder Vasco. Mas, para que a pressão da torcida diminua, é preciso que a equipe mostre regularidade.

“Eu acho que em um clube grande como o São Paulo, com a história que tem, vamos ter pressão sempre. A gente sabe que não voltamos bem depois da parada, o torcedor está certo, tem que fazer isso mesmo, cobrar resultado, e nós precisamos dar resultado. Ficamos felizes de estarmos conseguindo as vitórias, que são muito importantes para a gente. O nosso objetivo é sempre estar ali na parte de cima da tabela, porque quem joga no São Paulo tem que almejar coisas grandes, ser campeão, brigar por todos os títulos. A gente vem de uma derrota no Paulista que prejudicou muita gente, e estamos conseguindo recuperar agora. Vamos tentar retomar a confiança do torcedor, que é muito importante para a gente”, concluiu Igor Vinícius, novo titular na lateral direita.

Deixe seu comentário


×
Quer receber notícias do São Paulo?