Presidente nega loucuras por novo treinador: “Estancar o problema financeiro”

Marcelo Baseggio - São Paulo,SP

01-02-2021 18:46:01

Julio Casares negou que o São Paulo irá fazer loucuras para contratar um treinador renomado após a demissão de Fernando Diniz. De acordo com o presidente tricolor, o clube não pode se esquecer da grave situação financeira na qual se encontra e precisa unir a competitividade com a responsabilidade econômica.

“Temos que ser transparentes com o torcedor. Faremos o possível para trazer o melhor profissional, seja ele europeu, sul-americano ou brasileiro. Temos que dividir com o torcedor a nossa realidade. O que couber no orçamento do São Paulo, no esforço extraordinário que o clube puder fazer, vamos fazer”, afirmou Casares.


Nas projeções orçamentárias para 2021, o São Paulo terá à disposição R$ 37 milhões para investimentos no departamento de futebol, valor considerado baixo se comparado com outras potências do futebol brasileiro. Justamente por isso, a tendência é que o Tricolor opte pelo famoso “bom e barato”.

“Essa é a preocupação da área de futebol para que a gente consiga não iludir o torcedor, ser realista, e com muita transparência dizer que vamos trabalhar com o orçamento possível, porque, se trabalharmos para trazer um profissional a qualquer custo, o São Paulo pode agravar sua situação. Precisamos estancar o problema financeiro e ter medidas para unir a questão competitiva com a responsabilidade financeira”, prosseguiu o presidente são-paulino.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

“Tudo é orçamento. Nós podemos ter um técnico que ganhe A, B ou C desde que esteja em um orçamento conjunto, esse é o mercado. Se ele compõe o número final do orçamento, ok. Temos limitações, mas não são limitações que possam impedir o avanço para a contratação de um bom técnico. Esse é o grande desafio que nós teremos. Claro que tem a área técnica de futebol, a área financeira, que vão cruzar números. Não podemos dizer que esse ou aquele não cabe. Se couber num orçamento geral, os grandes nomes poderão vir”, concluiu.

Dê sua opinião!

Deixe seu comentário


×
Quer receber notícias do São Paulo?