Futebol/Campeonato Brasileiro

Papo de Raí com elenco é aprovado internamente: “Mais conversa do que cobrança”

São Paulo , SP
17/11/2019 06:00:58

Em: Brasileiro Série A, Escolha do editor, Futebol, São Paulo

O diretor de futebol do São Paulo, Raí, teve uma séria conversa com o elenco após a derrota por 1 a 0 para o Athletico-PR, no último fim de semana. Na reapresentação dos jogadores no CT da Barra Funda, o ídolo tricolor fez questão de externar sua insatisfação com o que vem vendo dentro de campo recentemente, mas se engana quem pensa que a conversa acabou gerando um clima tenso entre as partes.

“No CT não tem uma pressão a mais. O nosso diretor é o Raí, um dos grandes ídolos da história do São Paulo. Ele sabe o que é pressão, o que é suportar a pressão. Ele é um cara que se preparou, é inteligente, foi mais uma conversa do que cobrança”, afirmou Fernando Diniz.

Aparentemente, a conversa de Raí com os jogadores surtiu efeito. Neste sábado, o São Paulo até entrou em campo em uma frequência mais baixa que o Santos, porém, no segundo tempo equilibrou o clássico e conseguiu o empate mesmo jogando fora de casa.

“Ele mostrou o que achava que estava errado, ajudou na melhora da equipe. A falta de títulos do São Paulo gera uma expectativa de todo mundo que está aqui. A coisa mais importante do futebol é o torcedor. Um torcedor acostumado a ganhar, como é o torcedor do São Paulo, quando fica muito tempo sem ganhar, acaba ficando incomodado”, completou Fernando Diniz.

Apesar da cobrança de Raí ao elenco e do empate em 1 a 1 com o Santos na Vila Belmiro, o São Paulo continua em situação delicada na briga por uma vaga na Libertadores. O time de Fernando Diniz já soma três partidas sem um resultado positivo e pode ver o Grêmio ampliar sua vantagem na quarta colocação caso vença o Flamengo, neste domingo, em Porto Alegre.

O próximo compromisso do Tricolor no Campeonato Brasileiro acontece no domingo que vem, às 19h (De Brasília), contra o Ceará, no Castelão, em Fortaleza. Até lá, Fernando Diniz terá uma semana cheia de trabalho para seguir corrigindo os erros cometidos pelos seus comandados e tentar, enfim, reagir na competição.




×
Quer receber notícias do São Paulo?