Mesmo com dez ‘pendurados’ há dois jogos, São Paulo não terá suspensos contra o Galo

São Paulo, SP

14-12-2020 07:00:15

Apesar da derrota para o Corinthians no clássico do último domingo, o técnico Fernando Diniz ao menos tem um motivo para comemorar. O São Paulo foi a Itaquera com dez jogadores “pendurados”, seis titulares, além do próprio Diniz, que já recebeu dois cartões amarelos ao longo da competição, e, mesmo com toda a tensão que envolve um Majestoso, o Tricolor voltou para casa com apenas um cartão amarelo, de Daniel Alves, que está fora dessa lista.

Gabriel Sara, Igor Gomes, Arboleda, Juanfran, Luan, Tchê Tchê, Vitor Bueno, Léo, Igor Vinícius e Reinaldo são os jogadores que, se receberem seu terceiro cartão amarelo no Campeonato Brasileiro, terão de cumprir suspensão automática na rodada seguinte. Porém, passada a derrota para o Corinthians, o mais importante é que todos eles estarão à disposição na próxima quarta-feira, contra o Atlético-MG, no Morumbi.


“A gente não teve nenhum cuidado especial, nem contra o Botafogo, nem hoje. O time toma poucos cartões, nosso jeito de jogar muito próximo evita que façamos faltas mais graves que gerem cartão. Não tem nada especial, o time jogou normal. Se tivesse que tomar cartão ia tomar, os jogadores também não precisaram matar jogadas. Tivemos alguns lances que poderíamos matar a jogada, mas foram raros os momentos. A maneira da equipe jogar sugere que ela vai tomar pouco cartão não só nesse jogo mas em toda competição”, comentou Diniz.

Para o confronto direto pela liderança do Campeonato Brasileiro, contra o Atlético-MG, em casa, o São Paulo só não contará com força máxima porque Luciano é dúvida. O atacante, que é o principal jogador do São Paulo na competição, foi substituído ainda no primeiro tempo do clássico contra o Corinthians após sentir o músculo adutor. Nesta segunda-feira, ele será reavaliado pelo departamento médico.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

O São Paulo segue na liderança do Campeonato Brasileiro, com 50 pontos, mas agora possui apenas quatro pontos de vantagem para o vice-líder Atlético-MG. O Flamengo, que goleou o Santos neste domingo, no Maracanã, também diminuiu a diferença para o Tricolor e, caso vença o jogo atrasado que tem contra o Grêmio, ficará na cola de Daniel Alves e companhia.

Deixe seu comentário