‘Joia da coroa’ de Casares, marketing do São Paulo deve renegociar alguns patrocínios; entenda

Marcelo Baseggio - São Paulo,SP

18-01-2022 06:00:06

O departamento de marketing do São Paulo é um dos principais pilares da gestão de Julio Casares e será trunfo para renegociar patrocínios. O presidente tricolor tem como um de seus trunfos o considerável aumento de receita com parceiros e, embora os principais contratos tenham longa duração, algumas empresas que estampam suas marcar no uniforme tricolor têm vínculos próximos de vencer.

Atualmente o São Paulo conta com o patrocínio de oito marcas: Sportsbet.io, Bitso, Roku, Socios.com, ABC da Construção, Gazin, Cartão de Todos e Cimento Cauê.

Veja também:
Conheça o canal do YouTube da Gazeta Esportiva

Dos oito patrocínios, quatro expiram em 2022. A Gazin, que estampa a marca na barra traseira da camisa, tem contrato com o São Paulo válido somente até abril deste ano. Já o Cartão de Todos, que aparece no calão do uniforme, tem vínculo com o Tricolor até maio. A parceria com Cimento Cauê expira em julho de 2022, enquanto o acordo com a Roku acaba em agosto.

“O São Paulo tem na sua dinâmica diária no marketing uma visão do mercado, daqueles contratos que tem vencimento. Hoje a maioria dos grandes contratos tem uma longevidade importante, três, quatro, cinco anos. Ele tem também uma dinâmica de substituição ou renovação de marcas”, explicou Casares em entrevista exclusiva à Gazeta Esportiva.

Valorização

Marcas como Gazin, Cartão de Todos e Cimento Cauê fecharam patrocínio com o São Paulo ainda na gestão Leco e renovaram os vínculos no primeiro ano da gestão Casares. Agora, a expectativa do presidente é de valorizar os espaços no uniforme, e as empresas que têm parcerias com dias contados com o Tricolor precisarão abrir os cofres para permanecer no clube.

“Queremos que as marcas que estão aqui continuem. Agora, se elas saírem, já temos engatilhadas outras marcas que, inclusive, se movimentam para ficar com a oportunidade de ocupar esse espaço. Queremos que as marcas que já estão conosco continuem, mas, claro, obedecendo uma valorização”, admitiu o presidente tricolor.

Já os acordos com a Sportsbet.io e a Bitso, as duas empresas que mais pagam ao São Paulo, vencem somente no fim de 2024. A ABC da Construção, por sua vez, tem parceria válida até janeiro de 2023. O patrocínio da Socios.com não teve a duração divulgada, obedecendo a cláusula de confidencialidade presente no contrato.

Deixe seu comentário