Lugano volta a valorizar "molecada" tricolor e pede foco no Brasileiro

São Paulo, SP

06-06-2016 17:45:13

O São Paulo venceu o Cruzeiro por 1 a 0 no último domingo, no Mineirão, com seis desfalques importantes no time titular. Fato que gerou elogios de um dos líderes do elenco, o zagueiro Diego Lugano, à "molecada" tricolor, responsável por suprir a ausência dos atletas indisponíveis para o duelo válido pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro.

"(A vitória) Nos dá tranquilidade pro torneio que estamos jogando e não estávamos tão bem", disse o zagueiro uruguaio após o triunfo sobre a Raposa. "Mais uma vez tivemos muitos desfalques, mas a molecada entrou muito bem e vencemos fora de casa contra um time muito importante", acrescentou.

No embate com o time mineiro, o São Paulo não pôde contar com Ganso, Rodrigo Caio e o chileno Mena, todos defendendo suas seleções na Copa América dos Estados Unidos, além dos lesionados Hudson, Wesley e Michel Bastos. Artilheiro do Tricolor na temporada com 12 gols, Jonathan Calleri se reapresentou ao time no último sábado após realizar uma viagem à Itália para resolver pendências de seu passaporte e não foi relacionado para o confronto com o Cruzeiro. O argentino ainda se recupera de dores musculares, mas deve voltar a campo contra o Atlético-PR, no próximo sábado, no Morumbi.

Dessa forma, o Patón foi obrigado a lançar mão dos jovens Matheus Reis (21 anos), Luiz Araújo (20), Lucas Fernandes (18) e Auro (20), sendo que os três últimos entraram no decorrer da partida. "O campo bonito pra se jogar, precisando da vitória e estávamos desfalcados. Muito importante, muito equilibrada e acho que merecida", destacou o jogador de 35 anos.

Esta não foi a primeira vez que Lugano teceu elogios aos jovens jogadores são-paulinos. Logo após o triunfo sobre o Botafogo, por 1 a 0, em Volta Redonda, pela primeira rodada do Brasileirão, o defensor ressaltou o bom comportamento da "molecada" naquela partida. Curiosamente, essas foram as únicas vitórias do Tricolor fora de casa na atual temporada.

"O time teve muitos desfalques, é muito para qualquer time. Por sorte a molecada vem entrando bem, dando conta do recado. E nós, os moleques mais velhos, tentamos dar tranquilidade ao time", avaliou o camisa 5.

Com a vitória sobre a Raposa, o São Paulo chegou aos dez pontos, na sexta colocação. Até iniciar o confronto com o Atlético Nacional, da Colômbia, pelas semifinais da Copa Libertadores da América, marcadas para os dias 6 e 13 de julho, o Tricolor terá sete jogos pelo Brasileirão. Por isso, Lugano pede, ao menos neste momento, foco total no torneio nacional.

"Não me canso de falar que a única realidade é o Brasileiro. Tem que fazer bem o Brasileiro, porque se não arrancar bem agora, depois recuperar é impossível. Não pensar em Libertadores, tem que pensar todo final de semana em Brasileiro, porque depois podemos lamentar muito", concluiu o uruguaio, que teve os pensamento ecoados pelo companheiro Kelvin.

"Realidade é essa, não pode largar um campeonato pra jogar o outro. O São Paulo tem capacidade pra vencer, o São Paulo é grande por isso", bradou o meia-atacante.

Deixe seu comentário


×
Quer receber notícias do São Paulo?