Lucas diz que armação está bem servida no Tricolor: "O grupo é forte"

São Paulo, SP

07/06/16 | 08:00

Reserva contra o Cruzeiro, o meia Lucas Fernandes elogiou a qualidade do elenco do São Paulo (Foto: Rubens Chiri/SPFC)
Reserva contra o Cruzeiro, o meia Lucas Fernandes elogiou a qualidade do elenco do São Paulo (Foto: Rubens Chiri/SPFC)

O técnico Edgardo Bauza apostou no recém-contratado Ytalo para ocupar a vaga deixada por Paulo Henrique Ganso na partida contra o Cruzeiro, no último domingo, no Mineirão, em duelo válido pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro. O atacante, ex-Grêmio Osasco Audax, atuou como meia e foi decisivo ao fazer o gol da vitória tricolor por 1 a 0.

A escolha chegou a ser uma surpresa, já que Rogério e o garoto Lucas Fernandes eram os mais cotados para assumir a posição de Ganso, convocado às pressas por Dunga para a disputa da Copa América Centenário, nos Estados Unidos. Meia de origem, o jogador de 18 anos entrou no decorrer do confronto com o time mineiro e só não foi às redes no segundo tempo porque o goleiro Fábio fez grande defesa.

Apesar de ter começado o jogo no banco de reservas, Lucas Fernandes demonstrou maturidade e elogiou a atuação de seu companheiro, prevendo concorrência forte no setor de armação do Tricolor. "Creio que ele escolheu o melhor pra equipe, tanto que acertou. O Ytalo foi bem e fez um gol bonito. Nosso grupo é muito forte, qualquer um que entrar vai corresponder", analisou o camisa 29.

Revelado no Centro de Formação de Atletas Presidente Laudo Natel, em Cotia, Lucas fez sua primeira partida no time profissional do São Paulo em março deste ano, em jogo válido pelo Campeonato Paulista. No dia 15 de maio,  na estreia do Tricolor no Brasileirão, o meia fez seu primeiro gol com a camisa são-paulina em cobrança de falta diante do Botafogo. O tento, inclusive, foi o único daquele confronto.

No triunfo sobre a Raposa, o São Paulo contou com sete desfalques importantes: Ganso, Rodrigo Caio e Mena, todos servindo suas seleções, e  os lesionados Michel Bastos, Jonathan Calleri, Hudson e Wesley. Por isso, Fernandes ressaltou a importância do resultado e a força do elenco tricolor.

"É importante que a gente somou três pontos no Brasileiro. Nos pontos corridos, é importante não perder pontos e vencer fora de casa pra dar um ânimo, uma moral pra equipe. Mesmo com os desfalques, demos conta do recado. Sabemos que temos um grupo muito forte", celebrou o garoto.

Com dez pontos e na sexta colocação do torneio nacional, o São Paulo volta a campo só no próximo sábado, a partir das 21 horas (de Brasília), para encarar o Atlético-PR, pela sétima rodada do Brasileiro. O elenco voltará a treinar na tarde desta terça-feira, no CCT da Barra Funda.

Deixe seu comentário