Futebol/Bastidores

Jean pede desculpas a Mancini: “Ofendido de forma injusta”

São Paulo , SP
02/04/2019 00:58:28 — 02/04/2019 01:04:05

Em: Bastidores, Escolha do editor, Futebol, São Paulo

O goleiro Jean voltou a se manifestar publicamente através de suas redes sociais após abandonar o treino que sucedeu a derrota no clássico contra o Palmeiras por 1 a 0. No fim da noite desta segunda-feira o camisa 1 do São Paulo resolver pedir desculpas por seu ato de indisciplina e, principalmente, por ter criticado o então técnico interino Vagner Mancini.

“Posso dizer que sou uma pessoa que aprende muito com os próprios erros. Errei com a entidade São Paulo Futebol Clube, com meus companheiros, com a comissão técnica e torcida tricolor. Peço desculpas a todos pela atitude, principalmente ao Vagner Mancini por deixar o campo no treinamento no momento delicado que atravessávamos e externar problemas internos, além de tê-lo julgado e ofendido de forma injusta. Como eu disse, errei e aprendi. Vou trabalhar muito para recuperar meu espaço e ajudar o São Paulo da melhor forma possível”, escreveu o goleiro Jean.

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Posso dizer que sou uma pessoa que aprende muito com os próprios erros. Errei com a entidade São Paulo Futebol Clube, com meus companheiros, com a comissão técnica e torcida tricolor. Peço desculpas a todos pela atitude que tomei, principalmente ao Vagner Mancini por deixar o campo no treinamento no momento delicado que atravessávamos e externar problemas internos, além de tê-lo julgado e ofendido de forma injusta. Como eu disse, errei e aprendi. Vou trabalhar muito para recuperar meu espaço e ajudar o São Paulo da melhor forma possível, como sempre fiz.

Uma publicação compartilhada por Jean Paulo Fernandes Filho (@goleirojean95) em

A retratação do atleta, que acabou afastado após o polêmico episódio, coincide justamente com o início de trabalho de Cuca. O treinador comandou a primeira atividade à frente da equipe nesta segunda-feira e, inclusive, chegou a falar sobre a situação de Jean em entrevista coletiva no CT da Barra Funda.

“O goleiro Jean acho que não colocou as palavras certas no momento certo. Entendo que ele está sentindo uma oportunidade de jogar e, às vezes, a gente não espera o momento exato. Não o vejo como mau profissional, o vejo como um menino que precisa de instrução. Que esse ocorrido sirva de lição, esse desentendimento que ele teve com o Mancini. O Mancini é uma pessoa boa, maravilhosa. Todos gostam do Mancini. Já tive uma conversa com o Jean, vamos esperar a resposta que o jogador vai me dar, porque internamente eu já tenho, mas ela tem que ter um algo a mais
“, disse Cuca.

“Foi feita uma acusação publicamente, então isso vai acontecer. Ninguém vai prejudicar a carreira do menino, ele é um patrimônio do São Paulo e temos que preservá-lo. Mas, também temos que explicar que as coisas acontecerão na sua ordem. Hoje temos um titular, mas é bom quando você sabe o que você disputa e com quem você disputa”, concluiu o novo comandante são-paulino.




×
Quer receber notícias do São Paulo?